Barreiro (região de Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barreiro
—  Bairro do Brasil  —
Barreiro.svg
Área
 - Total 53,51
População
 - Total 262,194
    • Densidade 4.899,9/km2 
 - IDH 0,790
 - Índice de Gini 0,47
 - Expectativa de vida ao nascer (anos) 70,93
Domicílios 69.747
Rendimento médio mensal 254,06
Alfabetização Erro de expressão: caractere "," não reconhecido
Energia elétrica (%) 99,52
Água encanada (%) 96,78
Coleta de lixo (%) 97,87
Fonte: PNUD/2000[1]

O Barreiro é a segunda região mais movimentada de Belo Horizonte, após o centro comercial da capital. Completou em 2013 seus 158 anos de idade, sendo mais antiga do que a própria cidade. São mais de nove mil empresas de comércio e prestação de serviços, bem como profissionais autônomos, indústrias de pequeno médio e grande porte, shopping e variadas instituições que dão um perfil de cidade à região, que dista 15 km do centro de Belo Horizonte, mas pertence a esse município.

Uma estatística feita pela Prefeitura de Belo Horizonte, em 2006, constatou um total de 9.747 atividades, comercial, industrial e de serviços. Foram catalogadas 4.190 comércios varejistas, 404 comércios atacadistas, 3.901 empresas de prestação de serviços, 355 indústrias, 324 locais de serviços de uso coletivo e 573 profissionais autônomos.

Está ligado ao centro da cidade por diversas vias e bairros. As estações BHBUS Barreiro e Diamante polarizam o transporte coletivo da região.

A arrecadação do Distrito do Barreiro gera em cerca de 40% do Valor Adicional Fiscal (VAF) de Belo Horizonte, mostrando a importância dessa região a capital.

Com cerca de 300 mil habitantes, 90 mil domicílios, 54 bairros, caso fosse emancipado estaria entre as 8 maiores cidades de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

A história oficial da região data de 1855, quando surgiu a "Fazenda Barreiro". O seu primeiro proprietário foi o Coronel Damazo da Costa Pacheco, que após cultivá-la por muitos anos, resolveu variar de atividade, vendendo-a para o Major Cândido José dos Santos Brochado.

O Major Cândido fez se notório por contrariar todas as leis abolicionistas, como a Lei do Ventre Livre e a Lei do Sexagenário. Foi assassinado por um escravo fugido. Por essas atitudes a família colecionava inimizades. Com a morte do Coronel a família vendeu o local para o sr. Manoel Pereira de Melo Vianna e saíu da região.

O engenheiro Aarão Reis, ao chegar com sua equipe para construção de Belo Horizonte, se interessou pela qualidade da água daquela região, tencionando utilizá-la no abastecimento da capital. Na época era ocupada por imigrantes estrangeiros que moravam na colônia agrícola Vargem Grande. Essa colônia foi uma tentativa de repovoamento de Belo Horizonte.

A influência dos imigrantes ainda é bem marcante nas famílias tradicionais da região (muitos bairros e ruas levam sobrenome dos patriarcados como Teixeira Dias, Alves Patrício, Pongeluppe, Cardoso, Aganetti, Hilbert, Hoffman).

Deixando a pátria distante, muitas famílias, fixaram-se na região do Barreiro, em busca de estabilidade, segurança, um futuro melhor. que virou

Geografia[editar | editar código-fonte]

A região encontra-se em uma unidade geomorfológica que se estende da Serra do Curral, ao sul da cidade, até a região de Venda Nova, denominada depressão de Belo Horizonte, que é formada principalmente por rochas do embasamento cristalino, como o gnaisse. Apresenta uma grande diversidade de formações rochosas, pois uma parte mais ao sul encontra-se no quadrilátero ferrífero (Serra do Curral), formado por rochas compostas principalmente férreas, como o itabirito e a hematita. Também apresenta rochas como o filito e o quartzito, em menor escala.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Na região, situa-se a bacia do ribeirão Arrudas, sendo os seus principais afluentes o córrego do Jatobá, córrego do Barreiro e o córrego do Bonsucesso.

Topografia[editar | editar código-fonte]

É um terreno bastante acidentado, com altitudes variando entre 851 a 1151 metros. Existem, na região, 4 parques municipais e um parque estadual:

Bairros[editar | editar código-fonte]

A região do Barreiro, em Belo Horizonte possui um total de 64 bairros.[2]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]



Regionais e região central de Belo Horizonte Brasão de Belo Horizonte
Barreiro | Central | Centro-Sul | Leste | Nordeste | Noroeste | Norte | Oeste | Pampulha | Venda Nova