Campeonato Mundial de Snooker de 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Betfair
World Snooker Championship
Informação do torneio
Local Crucible Theatre
Cidade Sheffield
País England
Organização WPBSA
Formato Evento para ranking
Prémio total £1 111 000[1]
Parte do vencedor £250000
Atual campeão Inglaterra Ronnie O'Sullivan
Final
Campeão Ronnie O'Sullivan
Segundo lugar Barry Hawkins
Pontuação 18-12

O Campeonato Mundial de Snooker de 2013 foi a edição de 2013 do Campeonato Mundial de Snooker, decorrendo de 20 de abril a 6 de maio de 2013 no Crucible Theatre de Sheffield, na Inglaterra.

Marcou o regresso à competição de Ronnie O'Sullivan, campeão do mundo em 2012, após um ano sem competir. Embora O'Sullivan tenha caído para o 28.º lugar do ranking mundial de snooker, foi o cabeça-de-série n.º 1 e venceu o torneio.

A prova marcou a estreia de Jack Lisowski, Michael White, Ben Woollaston, Dechawat Poomjaeng, Matthew Selt, e Sam Baird.[2] [3] [4] White passou para a segunda ronda ao vencer Mark Williams 10–6.[5] Poomjaeng passou para a segunda ronda ao bater Stephen Maguire por 10–9.[6]

Resumo do torneio[editar | editar código-fonte]

Primeira ronda[editar | editar código-fonte]

Segunda ronda[editar | editar código-fonte]

  • Com a derrota de Graeme Dott frente a Shaun Murphy (11-13) deixou de haver escoceses nos quartos de final, o que não acontecia desde 1988.
  • Michael White atingiu pela primeira vez os quartos de final de um torneio a contar para o ranking ao derrotar Poomjaeng 13–3 deixando uma sessão cancelada.[7] Poomjaeng perdeu o quarto jogo da partida após três tentativas falhadas de atingir bolas vermelhas visíveis ao utilizar o auxiliar Spider sobre a bola azul. Perturbado por ter perdido um jogo deste modo, Poomjaeng bateu em si mesmo para se estimular para os jogos seguintes, após um intervalo.[8]
  • O'Sullivan tornou-se o primeiro campeão a defender o título desde Murphy em 2006 a atingir os quartos de final ao vencer Ali Carter 13–8, no que foi uma repetição de 2008 e da final de 2012.
  • Ricky Walden atingiu os seus primeiros quartos de final no Teatro Crucible ao vencer Robert Milkins 13–11. Milkins tinha recuperado de 3–9.
  • Barry Hawkins também atingiu os seus primeiros quartos de final no Teatro Crucible ao derrotar Mark Selby, então líder do ranking mundial, por 13–10.
  • Em 26 de abril de 2013, o primeiro "Ladies' Day" foi celebrado no Crucible, com eventos destinados a promover a participação feminina neste desporto.[9]

Quartos de final[editar | editar código-fonte]

  • Nos quartos de final, O'Sullivan venceu 12 dos primeiros 13 jogos contra Stuart Bingham e acabou por vencer a partida por 13–4. Judd Trump recuperou de uma desvantagem por 3–8 na partida contra Murphy para vencer 13–12 após um 25.º jogo dramático que se prolongou 52 minutos. Walden venceu o galês White 13–6 e Hawkins derrotou Ding Junhui por 13–7, assim ficando eliminados do torneio todos os não-ingleses.

Meias-finais[editar | editar código-fonte]

Ronnie O’Sullivan, campeão em 2012 e finalista em 2013
Barry Hawkins, um dos finalistas em 2013
  • 2013 foi a terceira vez na história moderna do campeonato mundial em que todos os semifinalistas foram ingleses. As outras vezes foram em 1987 (quando Joe Johnson jogou com Neal Foulds e Jimmy White jogou com Steve Davis) e 1991 (quando Steve James jogou contra White e John Parrott contra Davis).
  • No 23.º jogo da sua semifinal contra Trump, O'Sullivan recebeu um aviso da árbitra Michaela Tabb por supostamente ter feito um gesto obsceno com o taco. Não houve penalização por este incidente.[10]
  • Nas semifinais, O'Sullivan derrotou Trump por 17–11 para se tornar no primeiro campeão em título a atingir uma meia-final desde Ken Doherty em 1998. Na outra partida, Hawkins recuperou de uma desvantagem 8–12 contra Walden para vencer por 17–14.

Final[editar | editar código-fonte]

  • O'Sullivan liderava 5–3 ao fim da primeira sessão e 10–7 ao fim da segunda. Houve cinco breaks de cem ou mais pontos no primeiro dia da final, sendo quatro de O'Sullivan e um de Hawkins. O'Sullivan, com um break de 103 no 15.º jogo, fez o seu 128.º break de cem ou mais pontos no Crucible Theatre, batendo o anterior recorde de Stephen Hendry com 127 tacadas de 100 ou mais pontos no Crucible.[11]
  • Entre os espetadoers no últmo dia da final estavam o artista Damien Hirst, o ator Stephen Fry, o campeão de dardos Phil Taylor, o comediante Noel Fielding, e o guitarrista dos Kasabian, Sergio Pizzorno.[12]
  • O'Sullivan liderava 15–10 após a terceira sessão e venceu a final por 18–12 conquistando o seu quinto título mundial. Foi o primeiro campeão mundial a revalidar o título desde Hendry em 1996, e o primeiro campeão que fez seis tacadas de 100 ou mais pontos numa final de campeonato mundial.[13]

Prémios e pontos[editar | editar código-fonte]

Nível Prémio[14] Pontos[15]
Vencedor 250 000 £ 10 000
Finalista 125 000 £ 8 000
Semifinalistas 52 000 £ 6 400
Quartos de final 24 050 £ 5 000
Oitavos de final 16 000 £ 3 800
16 avos de final 12 000 £ 2 800
(1 400)
Quarta ronda de classificação 8 200 £ 2 300
(1 150)
Terceira ronda de classificação 4 600 £ 1 800
(900)
Segunda ronda de classificação   1 300
(650)
Primeira ronda de classificação   800
(400)
Maior break nas qualificações 1 000 £
Maior break televisionado 10 000 £
Total 1 111 000 £
  • Os cabeças de série que percam o primeiro encontro só recebem metade dos pontos (indicados no quadro entre parêntesis).


Resultados[editar | editar código-fonte]

Mostram-se de seguida os resultados de cada ronda. Os números entre parênteses ao lado de alguns dos jogadores são os seus números de cabeça-de-série (cada campeonato tem 16 cabeças de série e 16 jogadores vindo das qualificatórias).[16] [17] [18] O sorteio para a primeira ronda foi feito em 15 de abril de 2013, um dia antes das primeiras qualificatórias, e foi transmitido pela Talksport às 13h30m BST.[19] Todas as horas indicadas são as do fuso British Summer Time (UTC+1).

Primeira ronda Segunda ronda Quartos de final Semifinais
Melhor de 19 jogos Melhor de 25 jogos Melhor de 25 jogos Melhor de 33 jogos
                           
20 de abril            
 Inglaterra Ronnie O'Sullivan (1)  10
27, 28 e 29 de abril
 Escócia Marcus Campbell  4  
 Inglaterra Ronnie O'Sullivan (1)  13
22 e 23 de abril
   Inglaterra Ali Carter (16)  8  
 Inglaterra Ali Carter (16)  10
30 de abril e 1 de maio
 Inglaterra Ben Woollaston  4  
 Inglaterra Ronnie O'Sullivan (1)  13
24 e 25 de abril
   Inglaterra Stuart Bingham (9)  4  
 Inglaterra Stuart Bingham (9)  10
28 e 29 de abril
 Inglaterra Sam Baird  2  
 Inglaterra Stuart Bingham (9)  13
21 e 22 de abril
   Inglaterra Mark Davis  10  
 Escócia John Higgins (8)  6
2, 3 e 4 de maio
 Inglaterra Mark Davis  10  
 Inglaterra Ronnie O'Sullivan (1)  17
20 e 21 de abril
   Inglaterra Judd Trump (4)  11
 Inglaterra Shaun Murphy (5)  10
25 e 26 de abril
 Inglaterra Martin Gould  5  
 Inglaterra Shaun Murphy (5)  13
21 e 22 de abril
   Escócia Graeme Dott (12)  11  
 Escócia Graeme Dott (12)  10
30 de abril e 1 de maio
 Inglaterra Peter Ebdon  6  
 Inglaterra Shaun Murphy (5)  12
23 e 24 de abril
   Inglaterra Judd Trump (4)  13  
 País de Gales Matthew Stevens (13)  7
26 e 27 de abril
 Hong Kong Marco Fu  10  
 Hong Kong Marco Fu  7
23 e 24 de abril
   Inglaterra Judd Trump (4)  13  
 Inglaterra Judd Trump (4)  10
 País de Gales Dominic Dale  5  
24 e 25 de abril            
 Austrália Neil Robertson (3)  8
28 e 29 de abril
 Inglaterra Robert Milkins  10  
 Inglaterra Robert Milkins  11
20 e 21 de abril
   Inglaterra Ricky Walden (14)  13  
 Inglaterra Ricky Walden (14)  10
30 de abril e 1 de maio
 Inglaterra Michael Holt  1  
 Inglaterra Ricky Walden (14)  13
20 e 21 de abril
   País de Gales Michael White  6  
 País de Gales Mark Williams (11)  6
25 e 26 de abril
 País de Gales Michael White  10  
 País de Gales Michael White  13
22 e 23 de abril
   Tailândia Dechawat Poomjaeng  3  
 Escócia Stephen Maguire (6)  9
2, 3 e 4 de maio
 Tailândia Dechawat Poomjaeng  10  
 Inglaterra Ricky Walden (14)  14
22 de abril
   Inglaterra Barry Hawkins (15)  17
 Irlanda do Norte Mark Allen (7)  8
27, 28 e 29 de abril
 Inglaterra Mark King  10  
 Inglaterra Mark King  9
23 e 24 de abril
   República Popular da China Ding Junhui (10)  13  
 República Popular da China Ding Junhui (10)  10
30 de abril e 1 de maio
 Escócia Alan McManus  5  
 República Popular da China Ding Junhui (10)  7
20 e 21 de abril
   Inglaterra Barry Hawkins (15)  13  
 Inglaterra Barry Hawkins (15)  10
26 e 27 de abril
 Inglaterra Jack Lisowski  3  
 Inglaterra Barry Hawkins (15)  13
23 e 24 de abril
   Inglaterra Mark Selby (2)  10  
 Inglaterra Mark Selby (2)  10
 Inglaterra Matthew Selt  4  
Final (Melhor de 35 jogos) Crucible Theatre, Sheffield, 5 e 6 de maio. Árbitro: Jan Verhaas.
Ronnie O'Sullivan (1)
 Inglaterra
18–12 Barry Hawkins (15)
 Inglaterra
87–4, 92–10, 0–98, 0–81, 13–101, 76–7, 113–0, 104–0, 0–73, 83–37,
9–61, 75–0, 0–91, 4–133, 103–0, 117–5, 69–62, 36–71, 134–0, 57–56,
0–90, 133–0, 75–49, 38–87, 124–7, 0–131, 18–76, 77–25, 89–8, 89–1
Breaks de 100+ pontos: 8 (O'Sullivan 6, Hawkins 2)
Break máximo de O'Sullivan: 134
Break máximo de Hawkins: 133
4–87, 10–92, 98–0, 81–0, 101–13, 7–76, 0–113, 0–104, 73–0, 37–83,
61–9, 0–75, 91–0, 133–4, 0–103, 5–117, 62–69, 71–36, 0–134, 56–57,
90–0, 0–133, 49–75, 87–38, 7–124, 131–0, 76–18, 25–77, 8–89, 1–89
Inglaterra Ronnie O'Sullivan vence o torneio


Referências

  1. The Tour 2012/2013: Provisional prize money summary. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Arquivado do original em 15 de setembro de 2012. Página visitada em 24 de maio de 2012.
  2. Quartet Of Debutants Through To Crucible. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 14 de abril de 2013.
  3. Selt Survives Doherty Fight-Back. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 14 de abril de 2013.
  4. White Denied By Milkins. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 15 de abril de 2013.
  5. Wonderful White Shocks Williams. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 22 de abril de 2013.
  6. "Poomjaeng holds nerve to edge Maguire", Eurosport, Yahoo! UK and Ireland, 23 de abril de 2013. Página visitada em 23 de abril de 2013.
  7. Poom Meets Doom As White Shines. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 30 de abril de 2013.
  8. White Dominates Smiling Thai. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 30 de abril de 2013.
  9. World Snooker body wants more women involved in the sport. BBC Sport. Página visitada em 3 de maio de 2013.
  10. Ronnie O'Sullivan is warned over 'obscene' gesture. The Guardian. Página visitada em 4 de maio de 2013.
  11. Ronnie O'Sullivan leads Barry Hawkins in World final. BBC Sport. Página visitada em 5 de maio de 2013.
  12. Rocket On Course For Fifth Title. worldsnooker.com (6 de maio de 2013). Página visitada em 6 de maio de 2013.
  13. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas bbcfinal
  14. Prize Money no site WorldSnooker.com. Consultado em 3 de abril de 2013
  15. Pontos no site WorldSnooker.com. Consultado em 3 de abril de 2013
  16. 2013 Betfair World Championship Draw. worldsnooker.com. World Snooker. Página visitada em 15 de abril de 2013.
  17. 2013 Betfair World Snooker Championship Provisional Format. worldsnooker.com. World Professional Billiards and Snooker Association. Página visitada em 17 de abril de 2013.
  18. Betfair World Championship (2013). Snooker.org. Página visitada em 1 de abril de 2013.
  19. Top 16 Set For Crucible. World Snooker. Página visitada em 1 de abril de 2013.