Casa de las Américas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sede da Casa de Las Américas, em Havana

Casa de las Américas é uma organização fundada em Cuba em 1959, para promover o intercâmbio da cultura cubana com a de outros países da América Latina[1] .

Foi criada apenas quatro meses depois da vitória da Revolução Cubana, por Haydée Santamaría, que presidiu a entidade até 1980. O segundo presidente foi Mariano Rodríguez (1980-1986), sucedido por Roberto Fernández Retamar (desde 1986)[2] .

A entidade ocupa um edifício em estilo art déco, que abriga uma coleção de arte cubana e latino-americana[3] . Além de promover festivais, exposições e encontros de literatura, teatro, artes plásticas e música, a organização oferece todos os anos o Prêmio Casa de las Américas, dedicado a escritores latino-americanos e caribenhos[4] .

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Revista Casa de las Américas (literatura)
  • Conjunto (teatro)
  • Música y Anales del Caribe (música)
  • Criterios (crítica literária)

Referências

  1. RETAMAR, Roberto Fernández. Treinta años de la Casa de las Américas. Etud. av. vol.3 no.5 São Paulo Jan./Apr. 1989
  2. Eduardo Galeano Opens 2012 Casa de las Americas Literary Awards Festival. Juventud Rebelde, 17 de janeiro de 2012 (em inglês)
  3. Havana Attractions - Planet Ware (em inglês)
  4. Casa de las Américas: a cultura como resistência. Caleidoscópio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]