Cavea (arquitetura)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cavea do teatro romano de Mérida
A divisão da cavea do Coliseu em sectores e as diferentes pessoas que a ocupavam

Em tempos da Roma antiga, as cavea eram celas subterrâneas em que os animais selvagens eram ali confinados antes dos combates na arena dos anfiteatros tomarem inicio.[1]

O cavea também se refere às secções de assentos da área dos espectadores nos teatros romanos. A cavea é tradicionalmente organizada por três secções horizontais, correspondentes à classe social dos espectadores.[2]

  • A cavea ima é a parte inferior da cavea, a qual delimita diretamente a área do espectáculo. Era geralmente preservada aos altos escalões da sociedade.
  • A cavea mídia segue-se acima do cavea ima, sendo aberto ao público em geral, embora ter sido frequentemente reservado apenas aos homens.
  • A cavea summa é a mais elevada secção, reservada às mulheres e crianças.

A cavea, comum também em teatros romanos, foi ainda utilizada como divisória vertical com cunei. Cuneus (em latim para "cunha"; plural, cunei) foi um tipo de protecção divisória que separada pelas escadas (em latim, scalae).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.
  2. Roman Architecture