Cemitério Mount Hope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Cemitério Mount Hope (em inglês: Mount Hope Cemetery) em Rochester (Nova Iorque), fundado em 1838, é o primeiro cemitério-jardim municipal dos Estados Unidos. Situado em uma área de 196 acres (793000 m²) (0,3 milhas quadradas) de terra adjacente à Universidade de Rochester na Avenida Mount Hope, o cemitério é o local de repouso permanente de mais de 350 mil pessoas. Sua atual taxa de crescimento é de 500 a 600 sepultamentos por ano.

Geologia do Mount Hope[editar | editar código-fonte]

Cerca de 12.000 a 14.000 anos atrás, o Mount Hope estava coberta de gelo, com 1 a 2 milhas de espessura. Quando a geleira retrocedeu apareceram rachaduras no gelo, e estas fendas tornaram-se rios de água e cascalho. Quando as lâminas de gelo com milhas de altura finalmente derreteram, estes leitos dos rios foram deixados como sulcos criados pelas pedras e entulhos que haviam sido depositados pela corrente dos rios. Em termos geológicos, estes sulcos são denominados esker. Um destes Esker serpenteia seu caminho através de grande parte do Cemitério Mount Hope. Os Índios Seneca usaram-no como trilha a partir da Bristol Hills ao sul de Rochester para o Lago Ontário, na fronteira norte da cidade. Para eles, forneceu um caminho contínuo através da orena e visibilidade dos vales em torno dele. Atualmente, este esker é uma pista principal de veículos através do cemitério, denominada Indian Trail Avenue.

Sepultamentos notáveis[editar | editar código-fonte]

Sepultura de Frederick Douglass

O general Elwell Stephen Otis foi inicialmente sepultado em Mount Hope e depois removido para o Cemitério Nacional de Arlington. Cremações notáveis em Mount Hope incluem Blanche Stuart Scott and George Eastman.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Mount Hope Cemetery, Rochester. Ajude e colabore com a tradução.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]