Cinetoscópio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Interior de um cinetoscópio.

O Cinetoscópio é um instrumento de projecção interna de filmes inventado por William Kennedy Laurie Dickson, chefe engenheiro da Edison Laboratories de Thomas Edison, em 1891.

Possuia um visor individual através do qual se podia assistir, mediante a inserção de uma moeda, à exibição de uma pequena tira de filme em Looping, na qual apareciam imagens em movimento de números cômicos, animais amestrados e bailarinas.

Os filmes reproduzidos no cinetoscópio (quinetoscópio) eram produzidos pelo cinetógrafo (quinetógrafo), outra invenção patenteada por Thomas Edison.

Apesar destas invenções permanecerem no nome de Edison, elas, na verdade, foram produzidas por William K.L. Dickson e uma equipe de técnicos encarregados, por Edison, de criarem máquinas que produzissem e mostrassem fotografias em movimento ( motion picture.

Em 1889, Edison decidiu criar a camêra descrita, quando viu a camêra de Étienne-Jules Marey, em Paris.[1] 



Ver também[editar | editar código-fonte]

[2]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cinetoscópio
Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

  1. História do cinema mundial, Fernando Mascarello (Primeiro Cinema, Flávia Costa)
  2. História do cinema mundial - Fernando Mascarello ("Primeiro cinema.Flávia Cesarino Costa)