Classe Lion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Lion-class battlecruiser» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (fevereiro de 2015)
Classe Lion
HMS Princess Royal
Origem    Bandeira do país de origem
Construtor(es): Devonport Dockyard
Vickers
Lançamento: 1910
Período de construção: 1910-12
Precedido por: Classe Infatigable
Sucedido por: Classe Queen Mary
Unidade inicial: HMS Lion (1910)
Unidade final HMS Princess Royal (1911)
Em serviço: 1912-1920
Operadores:  Marinha Real Britânica
Construídos: 2 (todos desmontados)
Características gerais
Tipo: Cruzador de batalha
Deslocamento: 31 310 t (69 000 000 lb) (carregado)
Comprimento: 213,4 m (700 ft)
Boca: 27 m (88,6 ft)
Calado: 9,9 m (32,5 ft) (carregado)
Propulsão: Turbinas a vapor Parsons
4 x eixos
42 x caldeiras Yarrow
70 000 hp (52 200 kW)
Velocidade: 28 kn (51,9 km/h)
Autonomia: 5 610 m.n. (10 400 km) à 10 kn (18,5 km/h)
Armamento: 4 x 2 canhões de 343 mm (13,5 in)
16 x 1 canhões de 101,6 mm (4,00 in)
2 x 1 lançadores de torpedos de 533 mm (21,0 in)
Tripulação/Equipagem: 1 092
Notas
Blindagem: Lateral: 9 polegadas
Proa: 4 polegadas
Anteparas: 9 polegadas
Torretas: 9 polegadas
Decks: 2.5 polegadas

A Classe Lion foi uma classe de cruzadores de batalha construídos antes da Primeira Guerra Mundial para a Marinha Real Britânica. Ficou conhecida como "Splendid Cats[1] , os navios receberam muitas implementações e eram superiores aos seus antecessores da Classe Infatigable em termos de velocidade, armamento e blindagem.

Navios na classe[editar | editar código-fonte]

Nome Estaleiro Batimento de quilha Lançado Completo
Lion Devonport Dockyard 29 de setembro de 1909 6 de agosto de 1910 maio de 1912
Princess Royal Vickers 2 de maio de 1910 24 de abril de 1911 novembro de 1912
Estado dos navios
Nome Estado
Lion Vendido para desmanche em 31 de janeiro de 1924
Princess Royal Vendido para desmanche em 19 de dezembro de 1922

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hythe, Viscount, ed. (1914). The Naval Annual 1914. London: Brassey's.
  • Brown, David K. (2003). The Grand Fleet: Warship Design and Development 1906–1922 (reprint of the 1999 ed.). London: Caxton Editions. ISBN 1-84067-531-4.
  • Burt, R. A. (1986). British Battleships of World War One. Annapolis, MD: Naval Institute Press. ISBN 0-87021-863-8.
  • Campbell, N. J. M. (1978). Battle Cruisers. Warship Special 1. Greenwich: Conway Maritime Press. ISBN 0-85177-130-0.
  • Gardiner, Robert; Gray, Randal, eds. (1984). Conway's All the World's Fighting Ships: 1906–1922. Annapolis, MD: Naval Institute Press. ISBN 0-85177-245-5.
  • Massie, Robert (2004). Castles of Steel: Britain, Germany and the Winning of the Great War. New York: Random House. ISBN 0-224-04092-8.
  • Parkes, Oscar (1990). British Battleships (reprint of the 1957 ed.). Annapolis, MD: Naval Institute Press. ISBN 1-55750-075-4.
  • Roberts, John (1997). Battlecruisers. Annapolis, MD: Naval Institute Press. ISBN 1-55750-068-1.
  • Tarrant, V. E. (1999). Jutland: The German Perspective: A New View of the Great Battle, 31 May 1916 (reprint of the 1995 ed.). London: Brockhampton Press. ISBN 1-86019-917-8.

Referências

  1. "Gardiner e Gray, p.29.


Cruzador de Batalha Classe-Lion
HMS Lion | HMS Princess Royal
Precedido pela: [Classe Infatigable|[Classe Infatigable]] - Sucedido pela: Classe Queen Mary

Lista de cruzadores de batalha da Marinha Real Britânica

Lista de classes de cruzadores da Marinha Real Britânica

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Classe Lion
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.