Comunhão e Libertação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Comunhão e Libertação (CL) é um movimento católico eclesial cujo objetivo é a madura educação cristã dos seus membros e a colaboração à missão da Igreja em todos os âmbitos da sociedade contemporânea. Nasceu na Itália, em 1954, quando padre Luigi Giussani deu início, no Colégio Estadual Liceu Berchet de Milão, a uma iniciativa de presença cristã chamada Juventude Estudantil (Gioventù Studentesca - GS).

O nome atual, Comunhão e Libertação, apareceu pela primeira vez em 1969. Ela sintetiza a convicção que o acontecimento cristão, vivido em comunhão, é a base da verdadeira libertação do homem. Atualmente Comunhão e Libertação está presente em cerca de setenta países em todos os continentes e tem acerca de 100.000 membros.

Não existe nenhum tipo de inscrição, mas somente a livre participação das pessoas. O instrumento fundamental de formação dos membros do Movimento é a catequese semanal denominada «Escola de Comunidade» junto a alguns gestos fundamentais do caminho. Actualmente o presidente da Fraternidade de Comunhão e Libertação é o padre espanhol Julián Carrón.

A revista oficial do movimento é a publicação mensal «Passos - Litterae Communionis».

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

ABRUZZESE, Salvatore - Comunione e Liberazione. Bolonha: Il Mulino, 2001
CIANFLONE, Geppina - L'ultima crociata: Comunione e Liberazione. Messina: G. D'Anna, 1978
GIUSSANI, Luigi - La Fraternità di Comunione e Liberazione. L'opera del movimento. San Paolo, 2002
SERRA, Piera - L'adolescente sublimato: psicodinamiche in Comunione e liberazione. Guaraldi, 1978

Ligações externas[editar | editar código-fonte]