Consoante pulmônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma consoante pulmônica é produzida pela pressão do ar vinda dos pulmões, sendo o tipo de consoante mais comum, quase universal. "As não-pulmônicas" são poucas e raras, sendo as ejetivas, as implosivas e as de cliques.

A grande maioria da línguas apresenta somente consoantes pulmônicas. Numa pesquisa entre 566 idiomas, Ian Maddieson, [1] [2] verificou que somente 152 (27%) deles apresentam algumas consoantes não-pulmônicas – ejetivas, implosivas ou cliques.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Ian Maddieson (2008) "Glottalic Consonants". In: Martin Haspelmath & Matthew S. Dryer & David Gil & Bernard Comrie (eds.) The World Atlas of Language Structures Online. Munich: Max Planck Digital Library, chapter 7. Available online at http://wals.info/feature/7. Accessed on 18 January 2011
  2. Ian Maddieson (2008) "Presence of Uncommon Consonants". In: Martin Haspelmath & Matthew S. Dryer & David Gil & Bernard Comrie (eds.) The World Atlas of Language Structures Online. Munich: Max Planck Digital Library, chapter 19. Available online at http://wals.info/feature/19. Accessed on 18 January 2011