Descarrego

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Descarrego na umbanda)
Ir para: navegação, pesquisa

Descarrego em religiões afro-brasileiras como Umbanda e Candomblé[1] bem como neopentecostais é um ritual empregando banhos de ervas, orações e outros para livrar uma pessoa de espíritos ou entidades sobrenaturais maléficas.

Religiões afro-brasileiras[editar | editar código-fonte]

Candomblé[editar | editar código-fonte]

O descarrego é um nome usado no Candomblé para indicar os banhos de purificação ou de descarga espiritual pertencentes a algum santo ou entidade.[2]


Umbanda[editar | editar código-fonte]

Na Umbanda, o descarrego é uma das funções mais importantes para manter o padrão vibracional para afaster o máximo possível os espíritos de pouca luz.[3] O médium deve tomar, sempre que necessário, os banhos de descarrego adequados aos seus orixás e Guias.[4]

o ritual de descarrego é realizado através de banhos de ervas ou de sal grosso e servem para livrar a pessoa de energias deletérias.[5] [6] Além de banhos, existe o descarrego com pólvora ou "roda de fogo" onde a pessoa é colocada dentro de um círculo traçado com pólvora no chão que em seguida é aceso.[7]

Neopentecostalismo brasileiro[editar | editar código-fonte]

Os rituais de purificação como o ritual de descarrego é presente no neopentecostalismo brasileiro como é o caso da IURD[8] que adota práticas religiosas do catolicismo popular e da Umbanda; utilizando-se de um sincretismo, estabelece contato com a cultura religiosa de sua clientela, por exemplo, realizando sessões de descarrego[9] em uma apropriação de rituais das religiões de raízes africanas.[10]

Referências

  1. Dicionário UNESP do português contemporâneo. UNESP. 2005. p. 403. ISBN 978-85-7139-576-3.
  2. Zolrak. O Tarô Sagrado Dos Orixás. Editora Pensamento. p. 239. ISBN 978-85-315-0921-6.
  3. Roberto Di Luca Melani. UMBANDA PARA A VIDA: Segunda Leitura dos Fundamentos Umbandistas. Umbanda para a Vida. p. 74. ISBN 978-85-909052-0-2.
  4. Francisco Allison Peixoto (2009). Os Segredos De Umbanda. Clube de Autores. p. 56.
  5. Janaína Azevedo. Tudo o que você precisa saber sobre Umbanda - Vol. 2. p. 48. ISBN 978-85-7930-031-8.
  6. Ademir Barbosa Júnior (2014). Novo dicionário de Umbanda. Universo dos Livros Editora. p. 21. ISBN 978-85-7930-789-8.
  7. Sérgio Martins Dos Reis (2010). Universo Umbandista. Clube de Autores. p. 81.
  8. Birgit Meyer (2009). Aesthetic Formations. Palgrave Macmillan. p. 61. ISBN 978-0-230-62324-8.
  9. Ricardo Mariano (1999). Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil. Edições Loyola. p. 86. ISBN 978-85-15-01910-6.
  10. Gedeon Alencar (2005). Protestantismo Tupiniquim. Arte Editorial. p. 109. ISBN 978-85-98172-08-8.