Desmame ventilatório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O desmame ventilatório consiste em técnica da retirada gradual e progressiva do ventilador mecânico em pacientes portadores de insuficiênca respiratória. Vários fatores são determinantes para sua efetivação.

A decisão médica e a presença do fisioterapeuta intensivista, são fundamentais para a realização efetiva. Técnicas como PSV, Tubo T e modalidade SIMV podem ser utilizadas. Em UTIs, idealiza-se que que o índice de sucesso do desmame seja superior a 90%. O retorno à prótese ventilatória e ventilador, tido como insucesso após extubação, não deve ocorrer em mais de 10% das exubações realizadas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

A grande maioria dos pacientes, criticamente enfermos, internada em unidade de terapia intensiva (UTI), necessita de ventilação mecânica; durante esse período o paciente passa por um processo de transição da ventilação mecânica para ventilação espontânea sem o auxílio da prótese ventilatória (desmame), devendo ser efetuado assim que o paciente tenha uma melhora clínica 6, 7, 9, 10, 13, 14.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.