Dinitrofenil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dinitrofenil (abreviado como DNP, do inglês) refere-se às moléculas contendo dois anéis fenólicos, caracterizadas como úteis para a preparação de vacinas. A estrutura dinitrofenil por si própria não produzirá qualquer resposta imunológica nem ligar-se a um antígeno. Um composto dinitrofenil é comumente usado para acoplar-se com peptídeos n preparação de vacinas para realçar a imogenicidade de antígenos que de outra forma são imunogênicos de natureza fraca.[1]

Derivados corantes de succinimidil-éster de dinitrofenil são utilizados para a a síntese de nucleotídeos "marcados" por acoplamento químico de alilamina-dUTP, com bons resultados para o 2,4-dinitrofenil.[2] [3] [4] [5] [6]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. dinitrophenyl - www.cancer.gov
  2. Custom fluorescent nucleotide synthesis/nucleic acid labeling - www.med.yale.edu (em inglês)
  3. H. Metzger and S. J. Singer; Binding Capacity of Reductively Fragmented Antibodies to the 2,4-Dinitrophenyl Group; Science 8 November 1963: Vol. 142. no. 3593, pp. 674 - 676; DOI: 10.1126/science.142.3593.674 (em inglês)
  4. F. S. Farah; Natural antibodies specific to the 2,4-dinitrophenyl group; Immunology. 1973 August; 25(2): 217–226.
  5. Gregory W. Siskind; Quantitative Studies on the Precipitation of Anti-2,4-Dinitrophenyl Antibody in Antigen Excess; The Journal of Immunology, 1964, 92, 702 -708
  6. MICHAEL W. BRANDRISS; Antibody-like Activity to the 2,4-Dinitrophenyl Group in Normal Human Sera Nature 221, 960 - 962 (08 March 1969); doi:10.1038/221960a0