Elias Gottlob Haussmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Sebastian Bach
Autor Elias Gottlob Haussmann
Data 1746
Técnica Pintura a óleo
Dimensões 79,5 cm × 63,5 cm
Localização Altes Rathaus, Leipzig


Gottfried Reiche
Pintura a óleo por Elias Gottlob Haussmann 1726
Gottschedin
Pintura a óleo por Elias Gottlob Haussmann c. 1750
Christian d. J. Weisius, Archdeaconn
Gravura feita em 1743
por Elias Gottlob Haussmann


Elias Gottlob Haussmann (também Haußmann ou Hausmann) (1695 - 11 de Abril 1774) foi um pintor alemão do período barroco tardio. Haussmann serviu como pintor da corte de Dresden, e de 1720 como o retratista oficial em Leipzig. Ele é conhecido principalmente por seu retrato de Johann Sebastian Bach, que foi pintado em 1746.1

Vida[editar | editar código-fonte]

Haussmann foi o primeiro aluno de seu pai, Elias Haussmann (1663-1733), que era do pintor da Corte de Hesse. Haussmann foi do serviço real de Hesse, como mencionado em setembro de 1717 em uma carta de recomendação do Príncipe Ernst Ludwig de Hesse-Darmstadt como "nosso filho de pintor da corte".1 O príncipe permitiu-lhe uma viagem de estudos pela Alemanha, onde conheceu o retratista Francesco Carlo Rusca de Lugano.2 Haussmann também se reuniu com o pintor da corte de Dresden, Adam Manyoki, que escreveu favoravelmente sobre ele.1

A partir de 1720 Haussmann foi o retratista oficial da cidade de Leipzig, mas deixou a cidade em 1722, provavelmente por causa de divergências com o Malerinnung (chefe dos pintores) de Leipzig. Haussman e o Malerinnung discordaram em 1729 e 1742.1 Estas disputas são também aceitas como um dos motivos para que Manyoki revogasse sua recomendação. 1

Em 1723, Haussmann foi nomeado pintor da corte para o Eleitor da Saxônia. Em 1725 retornou a Leipzig e em 1726 assumiu a clientela de seu predecessor, começando por um retrato de JH Linke. Em 1760, ele e sua escola foram substituídos por Gottlob Ernst e Anton Graff. 1 Haussmann foi também, por muito tempo, pintor do clero protestante.1


Obras de Haussmann[editar | editar código-fonte]

O museu histórico da cidade de Leipzig, onde o retrato de Bach está, também possui várias outras pinturas a óleo de Haussmann e uma série de gravuras em cobre. A maioria das pinturas de Haussmann pode ser facilmente atribuídas a ele, pois as assinou regularmente, no verso, com nome e data. 1

Os primeiros retratos de Haussmann, como o do Imperador Gottfried, apresentavam cuidadosa técnica, um elevado nível de detalhe e expressões emocionais realistas. Mais tarde, por outro lado, muitos retratos possuem características típicas de imagens em série, especialmente nos anos após 1760, eles mostram o mesmo nível e muitas vezes representam a mesma atitude, há roupas idênticas e nas mesmas cores, dentro de uma série de retratos de funcionários da corte. 3

As pinturas a óleo de Haussmann e um grande número de número de cópias1 mostram uma seção transversal da camada de liderança da burguesia de Leipzig a partir dos campos da política, da administração judicial, da igreja, das empresas (especialmente o comércio e o artesanato), da ciência e da arte.3

Os exemplos incluem:

Referências

  1. a b c d e f g h i Georg Müller. In: Thieme and Karl Ulrich Becker. General lexicon of visual artists from antiquity to the present. Leipzig: [s.n.], from 1907 to 1947. 145–146 p. vol. 16.
  2. Art of Bach, paintings and drawings from collections East Germany. Leipzig: [s.n.], 1985.
  3. a b Kassel; et al.. In: Werner Neumann. Image documents on the life history of Johann Sebastian Bach's. Supplement to Johann Sebastian Bach, New Edition all works. [S.l.: s.n.], 1979. vol. IV.

Outras leituras[editar | editar código-fonte]

1. Gurlitt, Cornelius. Descriptive representation of the earlier works of art and monuments of the Kingdom of Saxony. [S.l.: s.n.].

2. Sigismund, Ernst. The painter of portraits E. Bach G. Haussmann, a Gedenkblatt. Leipzig: [s.n.], 1929.

3. The portrait painter Elias Gottlob Haussmann and his time: the Bach - portraits. [S.l.: s.n.], 1950. 126–135 p. vol. 4.

4. Thieme, Ulrich; Felix Becker. General lexicon of visual artists from antiquity to the present. Leipzig: [s.n.], 1907 to 1947. vol. 1-36.

5. Wustmann, Gustav. New Year's leaves the library and the archives of the city of Leipzig. [S.l.: s.n.], 1907. vol. III.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Johann Sebastian Bach

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Altes Rathaus - Museu de Leipzig, onde se encontram diversos retratos de Haussmann, inclusive o famoso retrato de J.S.Bach.