Emmanuel Milingo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emmanuel Milingo
Bispo da Igreja Católica
Arquidiocese de Lusaka

Título

Arcebispo-emérito de Lusaka
Hierarquia
Papa Francisco
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 15 de agosto de 1958
Ordenação episcopal 1 de agosto de 1969
29 de maio de 1969 até 6 de agosto de 1983
Brasão episcopal
Arcbishoppallium.png
Dados pessoais
Nascimento Mnukwa, Flag of Northern Rhodesia (1939-1953).svg Rodésia do Norte
13 de Junho de 1930 (84 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo


Emmanuel Milingo (Mnukwa, Zâmbia, 13 de junho de 1930), é um ex-arcebispo católico. É ordenado padre em 1958 e arcebispo de Lusaka em 1969. Em 1973, começa a dedicar-se às sessões de cura.[1]

Casou-se em 2001 com a médica coreana Maria Sung. O casamento realizou-se em Nova York, no Hotel Hilton, celebrado pelo reverendo Moon, fundador da Igreja da Unificação.

Vários meses depois foi recebido por João Paulo II, o que propiciou seu retorno à congregação católica. Mas, reafirmou depois que Maria continuava sendo sua esposa, e começou a liderar um movimento pelos padres casados.[2]

Foi excomungado pelo Vaticano em 26 de setembro de 2006, por ter feito a ordenação como bispos de quatro sacerdotes americanos casados, que além disso eram excomungados e suas ordenações não reconhecidas pelo Vaticano.

Em dezembro de 2009 perdeu seu estado clerical, continuando apenas com a obrigação de celibato.[3]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]