Enterprise JavaBeans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Enterprise JavaBeans (EJB) é um componente da plataforma JEE que roda em um container de um servidor de aplicação. Seu principal objetivo consiste em fornecer um desenvolvimento rápido e simplificado de aplicações Java, com base em componentes distribuídos, transacionais, seguros e portáveis. Atualmente, na versão 3.1, o EJB tem seu futuro definido conjuntamente entre grandes empresas como IBM, Oracle e HP, como também por uma vasta comunidade de programadores numa rede mundial de colaboração sob o portal do JCP.

A grande mudança entre a versão 2.1 e a versão 3.0 se refere à introdução de anotações Java, que facilitam o desenvolvimento, diminuindo a quantidade de código e o uso de arquivos de configuração XML. A plataforma J2EE providencia algumas facilidades dedicadas à camada de lógica de negócio e para o acesso a banco de dados. Através do EJB o programador utiliza a infraestrutura do servidor de aplicação voltada para o desenvolvimento de aplicações de missão crítica (de alta importância para a empresa) e de aplicações empresariais em geral.

Tipos de EJB's[editar | editar código-fonte]

O componente EJB possui 3 (três) tipos fundamentais que são: Entity beans, Session Beans e Message Driven Beans.

Entity Beans[editar | editar código-fonte]

Representa um objeto que vai persistir numa base de dados ou outra unidade de armazenamento.

Session Beans[editar | editar código-fonte]

Executa uma tarefa para o cliente. Pode manter o estado durante uma sessão com o cliente (Subtipo "Statefull") ou não (Subtipo "Stateless").

Message Driven Beans[editar | editar código-fonte]

Processa mensagens de modo assíncrono entre os ejb's e cuja API de mensagens é Java Message Service (JMS).

Interfaces de Acesso[editar | editar código-fonte]

Para acessar um EJB, é necessário definir as suas interfaces, que podem ser locais ou remotas. Uma interface local define o acesso ao bean somente no computador onde está sendo executado o servidor de aplicação, enquanto uma interface remota permite que o bean seja acessado também por elementos externos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.