Epitáfio de Seikilos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O epitáfio de Seikilos é famoso por ser o mais antigo exemplo encontrado de uma composição musical completa, incluindo notação musical e letra no mundo ocidental. Uma melodia da música grega foi encontrada gravada em uma lápide perto de Aidin na Turquia (próximo a Éfeso). Também há na gravação a informação de que foi feita por um certo Seikilos, para sua esposa, presumivelmente enterrada no local. Além da composição, foram encontradas estas inscrições:

Eu sou um túmulo, um ícone. Seikilos me pôs aqui como um símbolo eterno da lembrança imortal.

Sobre a letra, transcrita na figura abaixo com o alfabeto grego moderno, há uma linha com letras e sinais que indicam as notas:

A partitura de Seikilos

Traduzida em notação musical moderna, a canção seria assim:

A melodia do epitáfio de Seikilos
Melody sung in a Koine Greek approximate pronunciation, sung in modern popular vocal style.

Predefinição:Listen MIDI

The inscription in detail

A seguir uma transliteração das palavras cantadas na melodia e uma tradução para o português:

Hoson zés, pháinou
Medén hólos sý lýpou
Pros olígon estí to zén
To télos ho khrónos apaitéi
Enquanto viveres, brilha;
De todo não te aflijas,
Pois curta é a vida;
Seu crédito o tempo saca...

Há controvérsias sobre a datação desta lápide, desde 200 a.C. até cerca de 100 d.C. Embora existam exemplos mais antigos de notação musical (por exemplo os hinos délficos), todos eles são apenas fragmentos. O epitáfio de Seikilos é único por ser uma partitura completa de uma composição, mesmo que bastante curta.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Harvard Anthology of Music. Dois volumes. Cambridge, Massachusetts, Harvard University Press, 1949. ISBN 0674393007
  • Chinese Music. J.A. van Aalst, 1884, 1933.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]