Estadi Ciutat de València

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ciutat de València
Ciutat de valencia.jpg
Nome Estadi Ciutat de València
Características
Local Valência,  Espanha
Gramado Grama natural (107 x 68 m)
Capacidade 25.354
Construção
Data 1969
Inauguração
Outras informações
Proprietário Levante UD
Mandante Levante Unión Deportiva

O Estadio Ciudad de Valencia (em valenciano e de forma oficial Estadi Ciutat de València), é um estádio de futebol localizado na cidade de Valência, na Espanha. Pertence ao Levante e abriga até 25.354 pessoas.

Foi inaugurado a 1969 e fora renomeado várias vezes. Antes de seu nome actual, era chamado de Nou Estadi (Novo Estádio). O Levante UD jogava suas partidas anteriormente no campo de Vallejo.

Zonas do estádio[editar | editar código-fonte]

Actualmente, há oito zonas diferenciadas no estádio para os espectadores, onde é possível ver as partidas. As zonas são: Palco VIP l'Alqueria, Tribuna, Grada Central Alta, Grada Central Baja, Gol Orriols Alto, Gol Orriols Bajo, Gol Alboraia Alto e Gol Alboraia Bajo.

Novo estádio no porto de Valência[editar | editar código-fonte]

A Levante UD apresentou ao Ministro de Política Territorial da Espanha, Jordi Sevilla, um projecto de um novo estádio de quarenta mil espectadores, rodeado por água, juntamente com a nova doca da Copa América. O Estado, proprietário do solo, não rechaça inicialmente a ideia e diz ao clube para desenvolver o plano depois da Copa da América, "quando irá constituir-se a nova sociedade estatal" que administrará o porto de Valência.

O novo estádio estará rodeado pelas águas marítimas por três dos seus quatro lados, com um estacionamento subterrâneo para três mil carros. O projecto está dirigido por Alejandro Escribano, o mesmo arquitecto da Nou Mestalla.

Os terrenos estão ocupados actualmente pelo grupo naval Boluda, que está disposto a mudar de localização para o porto de Sagunto. O clube pretende trocar os terrenos, propriedade do Estado, para construir seu novo campo.

O processo começa pela venda de seu antigo estádio em Orriols, por um valor de 165 milhões de euros, que depende da requalificação das instalações actuais. Com o capital obtido com esta venda, o mesmo será investido na construção de um novo estádio em novo solo, erguido sobre terreno público.

O clube prevê que a exploração comercial do estádio seja encarregada à empresa multinacional Arena, que já administra outros recintos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.