Estado transiente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

No âmbito da engenharia química, um sistema diz-se em estado transiente quando pelo menos uma variável do processo se encontra ainda em mudança, não tendo por isso o sistema atingido o estado estacionário.

Por exemplo, quando um reactor inicia uma dada operação, as concentrações, temperaturas, composições de cada espécie presente e outras variantes - como as percentagens de conversão - vão mudando ao longo do tempo até atingirem valores constantes, altura em que se atinge o estado estacionário.

Ver também[editar | editar código-fonte]