Estado estacionário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Estado estacionário é um termo que possui significados relacionados em diversos campos do conhecimento.

Em economia[editar | editar código-fonte]

Para o artigo completo, veja estado estacionário (economia)

Estado estacionário está ligado ao ramo da Economia que trata do desenvolvimento econômico. O estado estacionário, teoria formulada por Robert Solow, Prêmio de Ciências Econômicas de 1987, é uma situação em Economia em que o investimento iguala a depreciação. Nesse estágio, aumentos do capital reduzem o consumo.

Em Física[editar | editar código-fonte]

Um sistema em um estado estacionário, (ou regime permanente para a engenharia), tem numerosas propriedades que são inalteráveis no tempo. Isto implica que qualquer propriedade p do sistema, a derivada parcial em relação ao tempo é zero:

\frac{\partial p}{\partial t} = 0

Em Cosmologia[editar | editar código-fonte]

Em cosmologia estado estacionário refere-se genericamente à teorizações obsoletas, especialmente devidas à Fred Hoyle e físicos relacionados, em especial a desenvolvida em 1948, chamada teoria do estado estacionário que propunha que o universo não mudava sua aparência, composição e densidade significativamente no tempo, permanentemente produzindo matéria, ainda que se expandisse, como observado já em 1929 por Edwin Hubble, e propunha apresentar-se como concorrente à popularmente chamada teoria do big bang.

Posteriormente foi modificado na teoria CEQE, cosmologia do estado quase estacionário, igualmente não recebendo grande atenção entre os cosmólogos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]