Exsudação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Exsudação, em engenharia de construção de estruturas de concreto ou similares, é o termo usado para designar o fenômeno migratório da água (subida da água) existente na composição para a superfície deste material, levando consigo uma nata de cimento. Isto provoca no concreto uma fraca ligação entre seus materiais, deixando-o suscetível a uma segregação que tenderá a fazer com que seus agregados fiquem soltos ou fáceis de se remover. A exsudação ocorre nas primeiras idades do concreto, mas pode comprometer sua durabilidade ao longo dos anos.

Entre os exemplos de falhas de processo que podem provocar a exsudação, vale destacar:

  • Excesso de vibração (ou falta da mesma);
  • Excesso de água de amassamento;
  • Baixo teor de cimento;
  • Falta de cura (ou cura incorreta).
  • Presença de poeira fina (pulverulência) na areia.

Em medicina[editar | editar código-fonte]

Para o termo médico consulte:

Disambig.svg Exsudato

Significado no dicionário[editar | editar código-fonte]

Ato de exsudar, transpiração. Líquido animal ou vegetal que atravessa os poros e se deposita nas superfícies.

Ícone de esboço Este artigo sobre Engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.