Fiddler on the Roof

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Fiddler on the Roof (no Brasil, Um Violinista no Telhado; em Portugal, Um Violino no Telhado) é um musical em dois atos do compositor americano Jerry Bock, com letra de Sheldon Harnick e libreto de Joseph Stein. A obra, que se passa na Rússia czarista, em 1905, é baseada na peça Tevye e suas Filhas, também conhecida como Tevye, o Leiteiro, e outros Contos, de Sholem Aleichem. A história gira em torno de Tevye, pai de cinco filhas, e suas tentativas de manter sua família e suas tradições religiosas judaicas enquanto as influências externas penetram em suas vidas; Tevye se vê obrigado a lidar com as ações determinadas de suas três filhas mais velhas, cujas escolhas de marido as afastará dos costumes de sua fé, e com o edito do czar Nicolau II da Rússia, que expulsa os judeus de sua vila.

A produção original da Broadway da peça, que estreou em 1964, foi a primeira produção de um musical na história a ultrapassar a marca de três mil performances. A obra também deteve o recorde de musical da Broadway a ficar mais tempo em cartaz por quase dez anos, até que Grease a ultrapassou. A produção foi extremamente bem-sucedida em termos de público e crítica; foi indicada a dez Prêmios Tony, vencendo nove, incluindo os prêmios de melhor musical, partitura, libreto, direção e coreografia. Também foi reencenada na Broadway quatro vezes e teve uma adaptação bem sucedida para o cinema em 1971, além de ser comumente encenada internacionalmente e em produções escolares e comunitárias.[1]

Em maio de 2011, a peça foi montada no Rio de Janeiro por Charles Möeller e Claudio Botelho, com grande sucesso. O ator José Mayer viveu o leiteiro Tevye, o personagem principal. A partir de 16/03/2012, a peça repetiu o sucesso em São Paulo. Além de Mayer, o elenco contou com Rachel Rennhack, Malu Rodrigues, Julia Bernat, Soraya Ravenle e muitos outros.

Direção: Charles Möeller e Claudio Botelho

Figurino: Marcelo Pies

Coreografia: Janice Botelho

Por sua performance, José Mayer recebeu o prêmio de melhor ator do júri popular, no 5º Prêmio Contigo de Teatro, em 07 de Novembro de 2011.

Músicas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Time, 26 de maio de 2008, p. 51


Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.