Flerte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Flerte de Eugene de Blaas.

Flerte, curte ou paquera é um comportamento comum entre seres humanos que consiste numa discreta insinuação de interesse entre pessoas. Dele pode se originar um relacionamento mais próximo, desde que ambos os interessados tenham uma correspondência de afinidades. O flerte obedece a certas normas sociais e comportamentais, aceites conforme a sociedade em que se encontra - como também não aceites em certas sociedades. Como regra geral existe a necessidade de uma prévia empatia entre ambas as partes, dentro de uma conversa amigável e prazerosa, onde ambos sentem-se atraídos, em princípio fisicamente, podendo evoluir até para uma atração sentimental e/ou emocional.

O flerte é reconhecido pelas suas peculiaridades, onde podem existir técnicas de persuasão e encantamento que podem facilitar o trabalho da pessoa interessada para conquistar outrem. Tais técnicas podem ir desde um olhar de consentimento até sinais corporais (não-verbais) que significam diversos estados emocionais. Há obras no mercado que auxiliam principalmente pessoas tímidas a sentirem-se bem em flertar e desinibirem-se com mais facilidade. Há pessoas que acham que o flerte é algo inútil, falta de criatividade. O flerte antecede o namoro, o qual é um compromisso maior que o flerte.