Fragmento de Okazaki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Replicação do ADN

Um fragmento de Okazaki é um relativamente pequeno fragmento de ADN (com um primer de ARN no termino 5') criado na cadeia atrasada durante a replicação do ADN. Os comprimentos dos fragmentos de Okazaki são entre 1.000 a 2.000 nucleótidos de comprimento em E. coli e entre 100 a 200 em eucariontes. Foram originalmente descobertos por Reiji Okazaki, Tsuneko Okazaki, e colegas, enquanto estudavam a replicação do ADN de bacteriófagos em Escherichia coli.[1] [2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Okazaki R, Okazaki T, Sakabe K, Sugimoto K. Mechanism of DNA replication possible discontinuity of DNA chain growth. Jpn J Med Sci Biol. 1967 Jun;20(3):255-60.
  2. Ogawa T, Okazaki T, Discontinuous DNA Replication. Annu. Rev. Biochem. 49:421-457, 1980

Ligações externas[editar | editar código-fonte]