Free-to-Play

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde junho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O termo Free-to-Play (F2P),Free 2 Play (Grátis para Jogar) refere-se a qualquer jogo, geralmente MMORPG, que permite que as pessoas joguem gratuitamente.

Por não gerar lucro algum, a maioria dos MMORPGs Free-to-play acaba adotando o sistema de "Item Mall" ou "Cash", no qual o jogador adquire moedas virtuais que só podem ser utilizadas nessas lojas e comprarem recursos extras, para serem usados dentro do jogo. Os mais famosos deste tipo são: Priston Tale, GunZ: The Duel, Gunbound, Maple Story, entre outros.

Outros MMORPGs também são rodados em uma versão Free-to-Play, no qual a distribuidora visa deixar o jogo popular e assim atraindo mais jogadores para a versão completa e atualizada do jogo, com sistema de mensalidade (Pay-to-Play). Alguns jogos com Free-to-Play também utilizam um limite de pessoas no servidor ou uma fila. Isso faz com que a pessoa ou vá para o servidor pago ou compre uma assinatura para evitar a fila.

A moeda virtual do jogo normalmente permite ou adquirir itens especiais ou raros no jogo, ou simplesmente para decorar seu personagem e destacá-lo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.