Gelatina balística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Gelatina balística é tipo de solução gelatinosa que tem por objetivo simular a densidade e a viscosidade do tecido muscular humano para analisar o impacto do projétil sobre ele. Muito usado para perícias, a fim de recriar as cenas de crimes, analisar os danos causados por projéteis ou até mesmo golpes sobre o corpo.

É importante o estudo prático do processo de criação da gelatina para que o aluno de investigação criminal ou forense possa acostumar-se com a técnica, vale lembrar que as instruções dadas aqui são para o processo de criação de uma gelatina balistica caseira de baixo custo e que não se pode comparar a qualidade dessa gelatina com a profissional utilizada pelos investigadores. Vale lembrar também que a gelatina imita a consistência de órgãos e carne de animais, faltando então a pele que tem uma maior resistência e pode variar a ação de stopping power do Projétil.

Modo de preparo para uma gelatina balistica caseira[editar | editar código-fonte]

  1. Esquente 250ML de água até começar a ferver;
  2. Desligue o fogo e coloque na água quente:
  3. Misture até virar uma mistura homogênea;
  4. Após este processo, coloque a gelatina em alguma fôrma untada com algum tipo de óleo lubrificante ou silicone, e leve para gelar em geladeira, na faixa de umas 7h30m dependendo da potência da geladeira. A gelatina irá ganhar a consistência desejada.
  • Glicerina pode ser comprada em fármacias e mercados.
  • Gelatina Sem-Sabor pode ser encontrada em mercados.
  • Você pode também incluir corante caso queira que a gelatina tenha alguma cor em especial.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.