Gilbert Seldes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gilbert Seldes fotografado por Carl Van Vechten, 1932

Gilbert Vivian Seldes (Alliance, Nova Jersey, 3 de janeiro de 189329 de setembro de 1970) foi um escritor estado-unidense e crítico cultural. Ele foi editor e crítico de teatro do The Dial. Ele é mais famoso por seu livro de 1924, The Seven Lively Arts.

Nascido em Alliance, Nova Jersey, ele freqüentou a Universidade Harvard e foi o correspondente em Nova Iorque para o The Criterion de T. S. Eliot.

Na década de 1930, Seldes adaptou Lisístrata e Sonho de uma Noite de Verão para a Broadway. Mais tarde produziu filmes, escreveu roteiros para o rádio e tornou-se o primeiro diretor de televisão da CBS News e o reitor fundador da Escola de Comunicação Annenberg na Universidade da Pensilvânia.

A atriz Marian Seldes é sua filha. O jornalista George Seldes foi seu irmão mais velho.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The United States and the War, 1917
  • The Seven Lively Arts, 1924
  • The Stammering Century, 1928
  • An Hour with the Movies and the Talkies, 1929
  • Movies for the Millions, 1937
  • Proclaim Liberty!, 1949
  • The Great Audience, 1951
  • The Public Arts, 1964
  • Writing for Television
  • The Years of the Locusts
  • The New Mass Media
  • Your Money and Your Life
  • Mainland (book)|Mainland
  • Against Revolution
  • The Stammering Century
  • This is America
  • The Movies Come from America
  • The Movies and the Talkies
  • The Future of Drinking
  • The Wings of the Eagle
  • Lisístrata (Uma versão moderna)

Leituras adicionais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.