Hóquei subaquático

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hóquei subaquático

Historia do Hóquei Subaquático[editar | editar código-fonte]

O Hóquei subaquático foi inventado em 1954 em Inglaterra por Alan Blake com o intuito de entreter os mergulhadores na altura do inverno. Inicialmente chamado ” Octopush”, o Hóquei subaquático ao longo dos anos foi sofrendo modificações a nível de equipamento,número de jogadores e outros factores decisivos para torna-lo na modalidade internacional que é hoje em dia.

Hoje em dia é praticado em quase todos os paises da Europa com destaque para o Reino Unido, França, Holanda que são as maiores potências, a nível Mundial temos paises como África do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Colômbia, Estados Unidos da América e Canada.

O Hóquei Subaquático[editar | editar código-fonte]

O hóquei subaquático (underwater hockey em inglês) ou "Octopush", como é conhecido na Grã-Bretanha, é um desporto jogado numa piscina de 25m x 15m e de 2m a 3,65 m de profundidade, o jogo decorre no fundo da piscina, sem ajuda garrafas de mergulho, é jogado em apneia, somente com uma máscara de mergulho,tubo, barbatanas, luva touca de polo aquático e um taco que pode ser de madeira (stick), plástico ou outro material. As equipas são de 10 jogadores, 6 jogadores de campo e 4 no banco de substituições, o jogo tem como objectivo marcar golos com o disco de hóquei subaquático (puck) dentro de uma baliza em forma de calha com 3m de comprimento.

O Hóquei Subaquático em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal a modalidade existe oficialmente desde 2007, tendo ocorrido experiências prévias a esta data mas só em 2007 foi criado o primeiro clube oficial de Hóquei Subaquático. Desde então o crescimento tem sido muito significativo. Hoje em dia encontram-se 10 clubes a praticar em Portugal:

Gaia Sub (Porto)

JuveMaia (Porto)

Sharks (Coimbra)

AquaCarca (Carcavelos)

Clube de Natação da Amadora (Amadora)

Instituto Superior Técnico (Lisboa)

Boa-Hora Futebol Clube (Lisboa)

ABVE - Associação Bombeiros Voluntários do Estoril

Zupper (Porto)

Costa Norte (Porto)

A Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas (FPAS), actualmente apresenta no seu calendário desportivo 3 competições de Hóquei Subaquático:

Campeonatos Regionais Norte e Sul (1 Torneio)

Taça de Portugal (1 Torneio)

Campeonato Nacional de Hóquei Subaquático (Circuito de 5 Etapas + Finais)

Regras do Hóquei Subaquático[editar | editar código-fonte]

O Hóquei Subaquático joga-se numa piscina que tenha as dimensões entre 20-25 metros de comprimento e 12-15 metros de largura, devem ter uma profundidade mínima de 2 m (mínimo para competições oficiais, para treinos qualquer piscina pode ser utilizada) e máxima de 3,65 m desde que a inclinação máxima não exceda os 10%, o ideal será de 2,20 m de profundidade constante.

As equipas são constituídas por 6 atletas e mais 4 suplentes sendo as substituições ilimitadas. Nas extremidades da piscina estão colocadas no fundo uma baliza com 3m de comprimento e 18 cm de largura onde devemos introduzir o disco (1.3 kg de chumbo revestido de borracha) na calha da baliza.

1. Máscara de mergulho » usamos a máscara dado que o jogo disputa-se sempre no fundo da piscina e assim temos não só uma melhor visão debaixo de agua sem esforçar a vista mas também mais uma protecção a nível da face.

2. Toucas » São usadas para protecção e para ajudar a distinguir as equipas.

3. Tubo » O uso do tubo é fundamental no jogo porque assim não precisamos de tirar a cara debaixo de agua para respirar e assim nunca perdemos o contacto visual com o disco.

4. Luva » Mais uma maneira de distinguir as equipas e de protecção da mão que agarra o stick dado que cada jogador só usa uma luva.

5. Barbatanas » Existem vários tipos e formas de barbatanas que podem ser utilizadas no Underwater Hockey. Temos é de ter sempre atenção num factor de segurança para nós e para os outros jogadores, as barbatanas a sua volta tem que acabar sempre em borracha pois o contacto com os outros jogador e inevitável e se não tiver essa protecção poderiamo-nos cortar . Quanto ao tipo de barbatana pode ser aquela a que nos adaptamo-nos melhor.

6. Stick » É a única maneira que temos para poder tocar no disco. Cada pessoa deverá numa fase mais avançada ter os seus próprios sticks dado que para podermos fazer tanto os passes como a nível de técnica individual estar bem habituados a jogar sempre com os mesmos sticks. Existem variadíssimas formas e desenhos de sticks para todos os gostos mas apenas tem que respeitar a alguns aspectos de dimensões. Os sticks para destros e esquerdinos são iguais mas simétricos. Servem também para distinguir as equipas através das cores.

7. Disco » a peça fundamental para um jogo. O disco pode ter várias cores mas sempre com as mesmas dimensões . De altura tem 3 cm podendo variar entre 2mm, de diâmetro tem 8 cm e o seu peso pode variar entre 1.3 kg e 1.5 kg . O disco a sua volta no exterior é envolvido por uma borracha para que assim não estrague a piscina nem os sticks. O stick permanece sempre no fundo da piscina.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.