HSV Barmbek-Uhlenhorst

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
HSV Barmbek-Uhlenhorst
HSV Barmbek-Uhlenhorst.png
Nome HSV Barmbek-Uhlenhorst
Fundação 15 de novembro de 1923 (91 anos)
Estádio HSV-stadion
Capacidade 7.000
Presidente Peter Martens
Competição Landesliga Hamburg
Divisão 2012
Website http://www.hsv-bu.de
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Hamburger Sportverein Barmbek-Uhlenhorst von 1923 e.V. é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 15 de novembro de 1923, sediada em Hamburgo.

História[editar | editar código-fonte]

As origens se encontram na fusão, a 10 de julho de 1909, dos clubes locais de ginástica Barmbeck-Uhlenhorst Turnverein 1876, Männer Turnverein 1888 Barmbeck-Uhlenhorst e Barmbecker Turnverein 1902 para criar o Hamburger Turnerschaft Barmbeck-Uhlenhorst 1876, que por sua vez, originou um departamento de futebol em 1911. Os jogadores seguiram seu próprio caminho com o Hamburger Sportverein Barmbeck-Uhlenhorst a 15 de novembro de 1923, atuando na competição de menor nível local ao longo das décadas seguintes.

Durante a Segunda Guerra Mundial as listas de jogadores estavam esgotadas por causa das exigências de serviço das forças armadas. Por isso, o HSV jogou com várias combinações com outros clubes. Na temporada 1943-1944, HSV e Post-SG Hamburgo se juntaram durante o período de guerra como Kriegspielgemeinschaft Post/BU Hamburgo. Em 23 de junho de 1944, HSV e Post se juntaram com o SV St. Georg e Hamburgo Sperber para competir por uma única temporada como KSG Alsterdorf no Gauliga Hamburgo (I). Após o conflito esses clubes foram separados. O HSV assumiu o nome de Hamburger Sportverein Barmbek-Uhlenhorst. Em 1949, o Fußball Clube Rot-Weiß Hamburgo 1923 tornou-se parte do HSV.

A equipe conquistou o título da Amateurliga Hamburgo (III), em 1963, e bateu o Leu Braunschweig por 3 a 1 para conquistar o acesso à Regionalliga Nord (II). O time foi rapidamente rebaixado, mas ganhou novamente a Amateurliga, em 1966, retornando à segunda divisão, na qual jogariam nas oito temporadas seguintes como um time de porte médio. O HSV ainda fez aparições na DFB-Pokal, Copa da Alemanha, de 1973 a 1976, mas foi eliminado na fase de abertura.

Em 1974, as ligas de futebol do país foram reestruturadas e o time passou a disputar a 2. Bundesliga Nord, na qual terminou em 20º lugar. Essa aventura na segunda divisão deixou o clube alvejado por uma carga de dívida de mais de 500.000 DM. A equipe então caiu para a Amateurliga Nord (III), na qual lutou por algumas temporadas até deslizar para a Verbandsliga Hamburgo (IV). A queda continuou sucessivamente. O time sofreu o descenso da Landesliga Hamburgo-Hansa (V), em 1982, para a Bezirksliga Hamburgo-Nord (IV) em 1984.

O clube conquistou o título da Bezirksliga, em 1986, e atuou na quarta e quinta camada até a reestruturação da liga, que transformou a Landesliga Hamburgo-Hansa em um circuito de sexta divisão novamente em 1994. Desde 1999 a equipe jogou na Verbandsliga Hamburgo (V), vencendo por uma única temporada, em 2004-2005 a Oberliga Nord (IV).

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Amateurliga Hamburg (II) campeão: 1963, 1966
  • Bezirksliga Hamburg-Nord (VI) campeão: 1986
  • Verbandsliga Hamburg-Hammonia (III) campeão: 1962
  • Landesliga Hamburg-Hansa campeão: 1999
  • Verbandsliga Hamburg (V) campeão: 2004

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • HSV Barmbek-Uhlenhorst in: Hardy Grüne (2001): Vereinslexikon. Enzyklopädie des deutschen Ligafußballs. Band 7. Kassel: AGON Sportverlag, S. 35. ISBN 3-89784-147-9
  • HSV Barmbek-Uhlenhorst. „Mein letztes Geld …“ in: Hardy Grüne (2004): Legendäre Fußballvereine. Norddeutschland. Zwischen TSV Achim, Hamburger SV und TuS Zeven. Kassel: AGON Sportverlag, S. 85-87. ISBN 3-89784-223-8
  • Werner Skrentny (2001): Wilhelm Rupprecht-Platz Barmbek, in: ders. (Hrsg): Das große Buch der deutschen Fußballstadien, Göttingen: Verlag Die Werkstatt, S. 161. ISBN 3-89533-306-9.