Hipertimesia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hipertimesia ou Síndrome da Supermemória é uma condição em que o indivíduo tem uma elevada memória biográfica.[1]

Elizabeth Parker, Larry Cahill e James McGaugh (2006) identificaram duas características que definem a hipertimesia: Passar uma quantidade excessiva de tempo pensando sobre o passado, e exibindo uma extraordinária capacidade de recordar eventos específicos de seu passado.[2]

Casos de Hipertimesia[editar | editar código-fonte]

Uma americana de nome AJ é capaz de lembrar com detalhes eventos de sua vida pessoal e acontecimentos dos últimos anos. AJ teve conhecimento detalhado da sua memória, em 1978, quando tinha 12 anos, e a partir de 1980, ela pode aparentemente recordar todos os dias. Sendo isto para uma pessoa "normal" impossivel. Apenas 20 pessoas no mundo são conhecidas por ter este síndrome.

Um segundo caso foi relatado recentemente em Wisconsin por um homem chamado Brad Williams.[3] [4]

Referências

  1. Síndrome faz mulher recordar todos os dias dos últimos 24 anos (em português) BBC Brasil - UOL Folha de S.Paulo (14 de fevereiro de 2008). Visitado em 07 de dezembro de 2013.
  2. Parker ES, Cahill L, McGaugh JL. (Fevereiro de 2006). "A case of unusual autobiographical remembering" (em inglês). Neurocase 12 (1): 35–49. DOI:10.1080/13554790500473680. PMID 16517514. Visitado em 07 de dezembro de 2013.
  3. "Local "Memory Man" appears on Good Morning America", WXOW ABC 19, January 15, 2008.
  4. The Human Google ABC News (January 15, 2008).
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.