Hospital Dia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Hospital Dia (em Portugal: Hospital de Dia) ou "serviços de internação parcial" é uma estrututura organizacional de uma isntituição de saúde com um espaço físico próprio onde se concentram meios técnicos e humanos qualificados, que fornecem cuidados de saúde de modo programado a doentes em ambulatório, em alternativa à hospitalização clássica, por um período normalmente não superior a 12 horas, não requerendo estadia durante a noite.[1]

Trata-se de uma modalidade de atendimento médico inicialmente pensada para redução de custos das pequenas cirurgias (cirurgias eletivas) com internamento e simultâneo benefício na redução de riscos para o paciente das infecções hospitalares.

Os hospitais dia também se destinam ao atendimento de pacientes psiquiátricos que estão sendo reintegrados ao convívio social, sendo que o atendimento é intensivo, ou seja o paciente frequenta a unidade hospitalar diariamente durante o período diurno, passando o restante do dia com a família e a comunidade onde reside. Em termos previdenciários designa o hospital ou parte dele que oferece serviços terapêuticos, onde os pacientes geralmente freqüentam todos os dias, mas ir para casa ou para uma ala de hospital na noite. [2]

No Brasil a proposição de HD para saúde mental existe desde a década de 60 mas somente a partir de 1992 que passaram a figurar oficialmente entre as possibilidades de atendimento. Sua utilização nessa área justifica-se como (1) alternativos à hospitalização psiquiátrica; (2) continuidade à internação fechada; (3) extensão ao tratamento ambulatorial; e (4) reabilitação e apoio a crônicos. [3]

Em Portugal, os hospitais de dia mais comuns sãos os de oncologia, hematologia, ginecologia e os chamados polivalentes.

Referências

  1. Hospital de dia - Recomendações para o seu desenvolvimento, Ministério da Saúde, Direção Geral de Saúde, 2006.
  2. Day hospital Collins English Dictionary – Complete and Unabridged © HarperCollins Publishers 1991, 1994, 1998, 2000, 2003
  3. Lima, Maria Cristina P .; Botega, Neury José. Hospital-dia: para quem e para quê? Rev Bras Psiquiatr 2001;23(4):195-9 PDF Jul. 2011

Ver mais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.