Hyaku Monogatari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pintura japonesa representativa do hyku monogatari.

Hyaku monogatari (百物語, cem histórias?) ou hyaku monogatari kaidankai (百物語怪談会, cem histórias de fantasma?) é uma "brincadeira" do folclore japonês, no qual você entra em uma sala, com varias pessoas, e cada uma tem que contar uma história de terror supostamente real.

A medida que as histórias de fantasmas estão sendo contadas, os espíritos destes (no caso o espírito do qual é contado a história), ficaria em volta da sala em que está acontecendo a "brincadeira".

Para a "brincadeira" é necessário uma tigela com água, para que os jogadores possam ver se há algum espirito. Para proteger os jogadores, é criada uma barreira espiritual (kekkai) ao redor da sala: o primeiro jogador acende uma vela e a deixa em sua frente, depois os outros jogadores acendem suas próprias velas nessa primeira e as colocam nos cantos da sala. Depois que terminam de fazer a barreira, o primeiro jogador apaga sua vela e as histórias começam.

Há versões da "brincadeira" em que se usam 100 velas, uma para cada história. A medida que as histórias são contadas, as velas são apagadas.

No meio da brincadeira, ninguém pode desistir e sair da sala, pois se isso acontecer, os fantasmas que estariam em volta da sala em que acontecia a "brincadeira", irão atormenta-lo para o resto da vida. Dentro da sala eles estão protegidos.

Ícone de esboço Este artigo sobre o Japão é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.