Ilhas Phi Phi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Praia na ilha de Kho Phi Phi

As Ilhas Phi Phi (เกาะ พีพี) pertencem à Tailândia e localizam-se no Oceano Índico, entre a Ilha Phuket e o continente.

Integradas ao Parque Nacional Phi Phi-Hat Nopparat, gozam de proteção ambiental. As ilhas Phi Phi Don e Phi Phi Ley (em português "ilhas Pipi"), a cerca de uma hora de Phuket – um dos destinos mais populares da Tailândia –, primeiro foram frequentadas por alpinistas que desejavam escalar seus enormes paredões rochosos. Contudo, as paisagens e a variedade de flora e fauna aquáticas fizeram fama e as Phi Phi logo passaram a ser procuradas pelos amantes do mergulho.

O filme A Praia – com Leonardo DiCaprio a dar voz ao mito urbano da ilha perfeita – também ajudou a divulgar a ilha mundo afora, pois muitos conheciam apenas a Phi Phi Don (a única a possuir infraestrutura turística, concentrada essencialmente na vila piscatória muçulmana de Ban Ton Sai), mas desconheciam a sua irmã menor, Phi Phi Ley, onde ainda hoje não é permitido pernoitar (não há qualquer tipo de construção na ilha) e onde visitava-se durante o dia as pinturas rupestres da Gruta Viking.

Ao eleger Maya Beach como cenário do filme, a 20th Century Fox causou polémica entre os ambientalistas, que acusaram a equipa de produção de interferir negativamente no ecossistema da ilha (a produtora queria plantar 200 palmeiras para dar um ar mais tropical à ilha, obteve autorização para levar 60, mas acabou por instalar 73).[carece de fontes?]

Terminadas as filmagens, todos os elementos estranhos à ilha foram retirados. Hoje, há um fluxo muito significativo de barcos rondando a famosa praia, depositando ali por dia (ainda que por pouco tempo) várias centenas de turistas.

Em 26 de Dezembro de 2004, as Ilhas Phi Phi foram devastadas pelo tsunami que se seguiu ao Terramoto do Índico de 2004.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Tailândia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.