Inestabilidade elástica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

A inestabilidade elástica se refere a um conjunto de fenômenos de não linearidade geométrica que se manifesta na qual os deslocamentos em um elemento estrutural não são proporcionais às forças aplicadas. Isso está relacionado com que dentro de certa faixa de deslocamentos e forças as equações de governo de tal elemento estrutural apresentam não linearidade.

Fenômenos de inestabilidade elástica[editar | editar código-fonte]

Os principais fenômenos de inestabilidade elástica são:

  • Flambagem flexional, que se dá especialmente em pilares e prismas mecânicos de grande esbeltez flexional.
  • Inestabilidade lateral, que se dá basicamente em vigas em peças de pequena esbeltez torsional.
  • Inestabilidade de arcos (snap through unidimensional), que se dá em arcos ou peças planas de diretriz curva carregados no plano de curvatura.
  • Inestabilidade de cúpulas (snap through bidimensional), que se dá em cúpulas pouco orientadas sob cargas verticais.
  • Abaulamento local, que se dá em elementos bidimensionais nos que em alguma direção existem tensões de compressão, paralelas ao plano tangente ao elemento.