Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial
Logotipo do INTA
Fundação 1942
Tipo Agência espacial
Sede Torrejón de Ardoz
Filiação Governo da Espanha
Sítio oficial www.inta.es
Diagrama do foguete sonda Inta-300, desenvolvido pelo INTA.

O Instituto Nacional de Tecnologia Aeroespacial (mais conhecido como INTA) é uma organização pública espanhola no âmbito do Ministério da Defesa, responsável pelos projetos de pesquisa, do espaço e da aviação, fundada em 1942 por Philip Lafita Babio, engenheiro naval, industrial e aeroespacial. Realiza projetos de investigação, quer isoladamente quer em combinação com outras agências estatais, tanto nacionais e internacionais (CSIC, Universidades, NASA) e empresas privadas. É o responsável por programas de satélites científicos Minisat e Nanosat. Desde a base de lançamento de foguetes sondas El Arenosillo tem trabalhado com vários tipos de foguetes suborbitais, como INTA-255 e INTA-300. Entre 1991 e 1999 trabalhou no desenvolvimento do Veículo Lançador de Satélites Capricórnio, que foi finalmente abandonado.[1] [2] [3]

Satélites[editar | editar código-fonte]

Dados[editar | editar código-fonte]

  • Data do primeiro lançamento, o satélite Intasat em 1974.
  • Capacidade tecnológica espacial da agência ou do país.
  • Estações de Monitoramento: a Madrid Deep Space Communications Complex de Robledo de Chavela.
  • Centro de lançamento: El Arenosillo em Huelva.
  • Fabricacão de satélites.

Referências

  1. Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial. Inta en Cifras. Visitado em 15 de Julho de 2010.
  2. National Space Science Data Center Master. INTASAT (NSSDC ID: 1974-089C) nssdc.gsfc.nasa.gov. Visitado em 15 de Julho de 2010.
  3. NanoSat programme. Visitado em 15 de Julho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial