Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial
Logotipo do INTA
Fundação 1942
Tipo Agência espacial
Sede Torrejón de Ardoz
Filiação Governo da Espanha
Sítio oficial www.inta.es
Diagrama do foguete sonda Inta-300, desenvolvido pelo INTA.

O Instituto Nacional de Tecnologia Aeroespacial (mais conhecido como INTA) é uma organização pública espanhola no âmbito do Ministério da Defesa, responsável pelos projetos de pesquisa, do espaço e da aviação, fundada em 1942 por Philip Lafita Babio, engenheiro naval, industrial e aeroespacial. Realiza projetos de investigação, quer isoladamente quer em combinação com outras agências estatais, tanto nacionais e internacionais (CSIC, Universidades, NASA) e empresas privadas. É o responsável por programas de satélites científicos Minisat e Nanosat. Desde a base de lançamento de foguetes sondas El Arenosillo tem trabalhado com vários tipos de foguetes suborbitais, como INTA-255 e INTA-300. Entre 1991 e 1999 trabalhou no desenvolvimento do Veículo Lançador de Satélites Capricórnio, que foi finalmente abandonado.[1] [2] [3]

Satélites[editar | editar código-fonte]

Dados[editar | editar código-fonte]

  • Data do primeiro lançamento, o satélite Intasat em 1974.
  • Capacidade tecnológica espacial da agência ou do país.
  • Estações de Monitoramento: a Madrid Deep Space Communications Complex de Robledo de Chavela.
  • Centro de lançamento: El Arenosillo em Huelva.
  • Fabricacão de satélites.

Referências

  1. Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial. Inta en Cifras. Página visitada em 15 de Julho de 2010.
  2. National Space Science Data Center Master. INTASAT (NSSDC ID: 1974-089C) nssdc.gsfc.nasa.gov. Página visitada em 15 de Julho de 2010.
  3. NanoSat programme. Página visitada em 15 de Julho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial