Integrina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As integrinas são proteínas de adesão presentes na membrana celular. A integrina está presente na constituição do hemidesmossomo, de modo que esta, une a placa de ancoragem com a fibrinina (proteína presente na lâmina basal).

Resultados de estudos mais recentes mostram que para a transdução mecânica ocorrer, a integrina tem que estar na presença de ligantes específicos. A tensão mecânica leva a ativação de ligantes específicos da integrina.

Referências[editar | editar código-fonte]

Junqueira, L.C & Carneiro, J. - Histologia básica, Texto e Atlas; 11ªEd. - São Paulo, Editora Guanabara Koogan, 2008.