Irmãos Taviani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Vittorio Taviani (20 de setembro de 1929) e Paolo Taviani (8 de novembro de 1931), nascidos em San Miniato, são dois cineastas italianos.

Autores de filmes fortemente politizados, influenciados sobretudo por Roberto Rossellini, trabalham como roteiristas, diretores e produtores de todas as suas obras.

Vittorio estudou direito na Universidade de Pisa. Paolo juntou-se a ele dois anos mais tarde, para estudar Belas Artes. Ambos se voltaram para o cinema após o impacto provocado por Paisà, filme de Rossellini, que assistiram em 1946.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • San Miniato, luglio '44 (1954)
  • L'Italia non è un paese povero (1960)
  • Un uomo da bruciare (1962)
  • I fuorilegge del matrimonio (1963)
  • I sovversivi (1967)
  • Sotto il segno dello scorpione (1969)
  • San Michele aveva un gallo (1972)
  • Allonsanfan (1973)
  • Padre padrone (1977)
  • El prado (1979)
  • La notte di San Lorenzo (1982)
  • Kaos (1984) (1984)
  • Good Morning, Babilonia (1987)
  • Il sole anche di notte (1990)
  • Fiorile (1993)
  • Las afinidades electivas (1996)
  • Tu ridi (1998)
  • Un altro mondo è possibile (2001)
  • Resurrezione (2001), para TV
  • Luisa Sanfelice (2004), para TV
  • La masseria delle allodole (2007)
  • Cesare deve morire (2012)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.