Kensho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Budismo

Kenshō (見性) (em chinês: Wu) é um termo em japonês para a experiência da iluminação — mais frequentemente utilizada no Zen Budismo.

Kensho significa literalmente "ver a própria natureza"[1] ou "verdadeiro eu."[2] Em geral "refere-se à realização da não-dualidade entre o sujeito e o objeto."[3] Frequentemente usado como sinônimo de satori (ou, "alcançar"),[4] algumas vezes são empregados distintamente no sentido de que algumas pessoas consideram que o satori é qualitativamente mais profundo.[2] As experiências de kensho são cumulativas no sentido de que podem transformar-se de algumas sugestões iniciais até a natureza da mente, ou mesmo até a realização da natureza búdica.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Baroni, 188
  2. a b Satomi, 203
  3. Heine, 290
  4. Harvey, 275-276

Referências[editar | editar código-fonte]