Land Rover Range Rover

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Range Rover
2005 Range Rover Sport front q.jpg
Visão Geral
Produção 1970 a 2013
Fabricante Land Rover
Ficha técnica
Motor Turbo-diesel (3.0 litros);
Transmissão Automática (8 velocidades)
Layout 2 + 3 + 2 assentos
Dimensões
Peso Aprox. 2.500 kg (vazio); 3.200 kg (lotado)
Consumo Aprox. 8 km / l (cidade/lotado) e 12 km / l (estrada / lotado);
Último
Último
Próximo
Próximo


O Range Rover é um sofisticado utilitário desportivo de alto-luxo fabricado na Inglaterra pela tradicional Land Rover, que foi adquirida em 2008 pela Tata Motors. Este requintado utilitário desportivo impressiona pelas suas dimensões externas, pelo conforto e pela alta tecnologia embarcada, que chega ao ponto extremo de oferecer ao seu condutor a opção de escolher uma programação de ajuste da suspensão para rodar com mais suavidade (absorvendo o máximo possível as irregularidades das vias) ou para rodar mais firme, mais baixa para viajar por autoestradas pavimentadas bem conservadas ou mais alta para dirigir cuidadosamente em estradas rurais.

O Range Rover é oferecido pela Land Rover em duas versões, ambas com capacidade para até sete ocupantes, incluindo o motorista, que foram nomeadas como Range Rover Sport e Range Rover Vogue, ambas equipadas com um moderníssimo sistema de suspensão pneumática combinado com um sistema de gestão do controle de tração, controle de estabilidade e freios antitravamento chamado pelo fabricante de Terrain Response.

Há mais de 60 anos o fabricante inglês Land Rover produz alguns dos mais respeitáveis e robustos utilitários esportivos de tração 4X4 integral do mundo. Esta tecnologia 4X4 foi mantida e aprimorada no Range Rover, mas desta vez combinada com a introdução do moderno conceito monobloco na carroceria, que absorve melhor impactos em acidentes graves.

Por se tratar de um automóvel pesado, na década de 2.000 a Land Rover disponibilizou no Brasil duas opções de motorização diesel aos seus clientes, a primeira um motor turbo-diesel V6 com 2.700 cm3 de cilindrada, a segunda um motor turbo-diesel V8 com 3.600 cm3 de cilindrada. De modo geral, motores turbo-diesel são mais econômicos que motores a gasolina, e as novas tecnologias de injeção eletrônica com CRDI (Common Rail Direct Injection) melhoram o desempenho de motores a diesel, que em décadas passadas eram inviáveis na maioria dos automóveis de alto-luxo.

Atualmente, a versão de motorização turbo-diesel com 3.000 cilindradas está disponível no Brasil, e uma versão do Range Rover com motorização a gasolina.

E para completar este sofisticado conjunto, o fabricante tomou o cuidado de introduzir outros itens complementares de segurança e conforto: Ar-condicionado e aquecedor, mini-refrigerador, CD Player com rádio AM / FM, vários air-bags espalhados pelo interior do veículo, bancos com revestimento em couro com regulação elétrica, detalhes em madeiras nobres nas portas e no painel, etc.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O Range Rover é o único carro na história a ter sido exposto no famoso Museu do Louvre, como exemplo de uma escultura moderna.[1]

Principais concorrentes[editar | editar código-fonte]

  • Mercedes Benz Classe GL
  • Mercedes Benz Classe ML
  • BMW X5
  • Porsche Cayenne
  • Audi Q7
  • Cadillac Escalade
  • Lincoln Navigator

Evolução do Range Rover[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. History of the Range Rover (em inglês). Visitado em 13 de dezembro de 2014.