Lapa Vermelha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lapa Vermelha é um sítio arqueológico localizado na região de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo, em Minas Gerais.[1] Os dois municípios ficam a cerca de 40 quilômetros da capital, Belo Horizonte, portanto dentro da região metropolitana.

Trata-se de um maciço calcário às margens de uma pequena lagoa. No penhasco existem quatro grutas, ou lapas, como são conhecidas na região. Foi na Lapa Vermelha IV, no município de Confins, que a missão arqueológica franco-brasileira liderada por Annette Laming-Emperaire descobriu nos anos 70 o crânio de Luzia.[2] Com mais de 11 mil anos, Luzia é considerada carinhosamente a primeira brasileira. O crânio foi encontrado pelo arqueólogo Walter Alves Neves.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Baci-4s.jpg O local possui sítio arqueológico (arte rupestre brasileira) de interesse histórico e turístico!
Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.