Lesma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaStylommatophora
Brown snail closeup.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Mollusca
Classe: Gastropoda
Subclasse: Orthogastropoda
Ordem: Pulmonata
Subordem: Stylommatophora

As lesmas são moluscos gastrópodes da sub-ordem Stylommatophora,[1] que andam sobre o abdômen e que possuem respiração cutânea. Distinguem-se dos restantes gastrópodes, em particular dos caracóis, pela inexistência de concha externa proeminente.

O corpo das lesmas é constituído por manto, pé e cabeça com um par de tentáculos ópticos e um par de tentáculos sensoriais, ambos retrácteis. São bastante sensíveis à desidratação e algumas também são sensíveis à luz.

As lesmas são seres hermafroditas. Caracterizam-se pelo fato de que, durante o seu desenvolvimento, a massa visceral sofre uma torção de 180 graus (característica dos moluscos gastrópodes), enrolando-se sobre si mesma. Assim, adotam a forma espiral tão característica da concha dos caracóis.

As lesmas são um problema sério em várias culturas, hortas, pomares e jardins. Alimentam-se de uma grande variedade de plantas, devorando tanto as raízes quanto a parte aérea, sempre no período da noite. Sabe-se que o local está infestado por lesmas pela observação dos rastros de muco que ficam no chão cimentado e muros.

Desidratação[editar | editar código-fonte]

Como animal muito sensível à desidratação, a lesma pode morrer ao se jogar sal sobre ela. Tal fenômeno é devido à propriedade de higroscopia do cloreto de sódio, isto é, a capacidade de "atrair" água desse composto. Como a pele da lesma não é estratificada, ocorre facilmente a osmose. Popularmente isto é visto como um "derretimento".

O tempo de maturidade sexual varia a espécie,e pode ser até o período de 3 anos.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre gastrópodes, integrado no Projeto Invertebrados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.