Lexema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em lexicologia estrutural, lexema é a "unidade mínima distintiva do sistema semântico de uma língua que reúne todas as flexões de uma mesma palavra."[1] Em termos simplificados, é a parte de uma palavra que constitui uma unidade mínima dotada de significado lexical.

Segundo a terminologia de André Martinet, monema é a unidade linguística de primeira articulação. Martinet divide os monemas em:[1] [2]

  • monemas lexicais (ou lexemas): monema que contém significado lexical
  • monemas gramaticais (ou morfemas): monema que contém significado gramatical

Já segundo a terminologia de Bernard Pottier, o lexema corresponderia a um morfema lexical.[3] [4]

Referências

  1. a b Dicionário de Termos Linguísticos:lexema
  2. Do lexema e termos afins na terminologia gramatical. Por Paulo Mosânio Teixeira Duarte.
  3. Dicionário Houaiss: - lexema
  4. Dicionário de Termos Linguísticos: morfema

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.