Liga da Juventude do Congresso Nacional Africano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Liga da Juventude do Congresso Nacional Africano, com sigla em inglês ANCYL, foi um movimento fundado em 1944 no corpo do Congresso Nacional Africano, na África do Sul, por Nelson Mandela, Anton Lambede, Walter Sisulu, A. P. Mda e Oliver Tambo.[1]

A intenção era confrontar a imagem conservadora do CNA; tiveram importante papel no combate ao apartheid, com atividades que foram desde a desobediência civil às greves de protesto.[1]

Muitos de seus membros acabaram saindo, criando o Congresso Pan-Africanista (CPA), no ano de 1959.[1]

A ANCYL esteve banida de 1960 até 1990, com o fim do regime segregacionista.[1]

Referências

  1. a b c d Nelson Mandela. Conversas que tive comigo (em português) primeira ed. Rio de Janeiro. [S.l.]: Rocco, 2010. 415 pp. p. 401. ISBN 9788532526076.