Maria-farinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaMaria-farinha
Ocypode quadrata Foto por Silvio Tanaka

Ocypode quadrata
Foto por Silvio Tanaka
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Crustacea
Classe: Malacostraca
Ordem: Decapoda
Infraordem: Brachyura
Superfamília: Ocypodoidea
Família: Ocypodidae
Género: Ocypode
Weber, 1795
Espécies
Ver texto

O Maria-farinha (Ocypode spp.) é um caranguejo. Possui carapaça quadrada e coloração branco-amarelada. É encontrado na costa leste dos Estados Unidos e no litoral do Brasil, vivendo em buracos acima da linha da maré alta em praias arenosas. Trata-se de um animal detritívoro.

Também é conhecido pelos nomes de aguarauçá, cabeleireiro, siri-fantasma, espia-maré, grauçá, guaruçá, guriçá, cerca-maré, vaza-maré, maruim e sarará.

Maria-farinha, no litoral norte da região nordeste do Brasil em localidades como Acaraú, trata-se, também, de um pequeno siri de cor vermelha que sobe nos galhos dos manguezais para fugir da enchente da maré ou para procurar alimento.

Espécies[editar | editar código-fonte]

São 28 espécies desse gênero[1] :




Referências

  1. De Grave, Pentcheff, Ahyong, Sammy, N. Dean, Shane T.. (2009). "A classification of living and fossil genera of decapod crustaceans". Raffles Bulletin of Zoology Suppl. 21: 1–109.