Marie d'Agoult

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde janeiro de 2008). Ajude e colabore com a tradução.
Marie d'Agoult (1843), retrato por Henri Lehmann.

Marie Catherine Sophie de Flavigny (Frankfurt am Main, 31 de Dezembro de 1805Paris, 5 de Março de 1876), vicondessa de Flavigny, foi uma escritora francesa conhecida também pelo seu nome de casada, Maria, Condessa de Agoult, e por seu pseudônimo literário, Daniel Stern.

Nascida em Frankfurt-am-Main, Alemanha, seu pai Alexander Victor François de Flavigny (1770-1819), era um footloose emigrante da aristrocracia francesa, e sua mãe, Maria-Elisabeth Bethmann (1772-1847), era filha de uma família judia-alemã que se convertera ao catolicismo.

De 1835 a 1839 ela viveu com o pianista e compositor Franz Liszt, cinco anos mais novo, que era então uma estrela em ascensão.

Marie faleceu em Paris e foi sepultada na Division 54 do cemitério do Père-Lachaise.


Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Stock-Morton, Phyllis. The life of Marie d'Agoult, alias Daniel Stern. Baltimore; London : Johns Hopkins University Press, 2000. ISBN 0-8018-6313-9.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.