Massacre de Liège de 2011

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Local do atentado

O massacre de Liège de 2011 foi um assassínio em massa ocorrido na cidade de Liège na Bélgica.

Ocorreu em 13 de dezembro de 2011, aproximadamente as 9h30min de Brasília, 13h30min de Lisboa.[1] A Praça Saint-Lambert estava tipicamente movimentada, pois era época de Natal. Um homem, de 33 anos, chamado de Nordine Amrani, começou a disparar com um fuzil automático leve e a lançar granadas do teto de uma padaria, acertando pessoas que estavam em um ponto de ônibus. O resultado foram 5 mortes e mais ou menos 120 feridos. Amrani cometeu suicídio após o ataque. Muitas informações estavam desencontradas sobre quem havia cometido o atentado e sobre o número de vítimas.

Nordine Amrani[editar | editar código-fonte]

Amrani possuia uma longa ficha criminal e tinha medo de voltar para a prisão. Tinha paixão por armas e cultivava maconha em sua residência.[2] Seu passado criminal inclui abusos sexuais, prisão para menores, posse de armas e entorpecentes.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. AFP (13 de dezembro de 2011). 'Ele queria atacar o máximo de pessoas', diz testemunha em Liège. Jornal do Brasil. Página visitada em 14/12/2011.
  2. a b AFP (14 de dezembro de 2011). [noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5517790-EI294,00-Atirador+belga+era+um+homem+que+se+sentia+perseguido+pela+policia.html Atirador belga era um homem que se sentia perseguido pela polícia]. Terra. Página visitada em 14/12/2011.