Monk (Metro de Montreal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monk
Localização
Montreal
Linha 1 - verde
Tipo de estação Subterrânea, a 18,3 m de profundidade
Projeto arquitetônico Blais & Bélanger (arquitetos)
Germain Bergeron (artistas)
Inauguração 3 de setembro 1978
Movimento em 2002 1 165 366
Próximas estações CorrespMtl1.png Angrignon : 844,29 m
CorrespMtl1.png Jolicoeur : 1062,85 m

Monk (Metro de Montreal) é uma estação da Linha Verde do Metro de Montreal.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Vários membros da família Monk ocuparam posições no sistema judiciário em Montreal inclusive alguns deles foram juízes de direito. Tiveram também intensa participação na vida política da cidade. O mais conhecido é Sir James Monk. Nomeado Procurador-Geral da Província de Quebec em 1776, ele foi juiz e, em seguida, o Chefe da Justiça do distrito Judicial de Montreal.

A escolha deste nome é explicada pelo fato de que em 1899 os advogados Frederick D. Monk, Joseph Ulric Émard e outros associados, compraram um terreno, que foi subdividido em lotes. Eles abriram um caminho através desta terra e o primeiro nome deste caminho foi Davidson Street, que mudou em 1911 para o de Monk Boulevard.

Ruas próximas[editar | editar código-fonte]

  • boulevard Monk
  • rue Allard

Pontos de interesse[editar | editar código-fonte]

  • Bibliothèque Marie-Uguay
  • Maison de la culture Marie-Uguay
  • École Dollard-des-Ormeaux
  • École St-Jean de Matha
  • École Honoré-Mercier
  • Centre hospitalier Ville Émard

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Metro de Montreal : Linha Verde (Linha 1) Angrignon Metro Terminus.jpg

Angrignon | Monk | Jolicoeur | Verdun | De l'Église | LaSalle | Charlevoix
Lionel-Groulx CorrespMtl2.png | Atwater | Guy-Concordia | Peel | McGill | Place-des-Arts
Saint-Laurent | Berri-UQAM CorrespMtl2.png CorrespMtl4.png | Beaudry | Papineau | Frontenac | Préfontaine
Joliette | Pie-IX | Viau | Assomption | Cadillac | Langelier | Radisson | Honoré-Beaugrand