Muzenza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Muzenza (termo de origem nas línguas bantu Kimbundo e Kikongo); que no Candomblé Ketu) é Iyawô, no Candomblé Bantu, o noviço iniciado e também o toque dos tambores ng’oma utilizado para a saída dos iniciados.

Bloco-afro[editar | editar código-fonte]

O Muzenza é um Bloco-afro do carnaval da cidade do Salvador na Bahia.

Criado por ex-diretores do Olodum o bloco foi fundado em 5 de maio de 1981, por Geraldo Miranda (Geraldão) e Janilson Rodrigues (Barabadá). Sendo o primeiro a trazer para o carnaval brasileiro o ritmo Samba-reggae, o qual condeceu ao Muzenza 13 títulos de campeão do carnaval bahiano. já passaram pela ala de canto do Muzenza Cantores como Beto Jamaica (ex É o tchan) e Tatau (ex Araketu) e ainda permanece grandes cantores e compositores como Luciano Gomes, autor de muitos sucessos músicais do Olodum, Muzenza, Alafim e Samba Nativos.... Autor de mega hits como Faraó, Suing da cor entre outras...tambem tem compositores como Jorge Xaréu, Itamar Tropicália, Adailton Poesia, Valter Farias, Bobôco, entre outros. O seu artista é Raimundo Santos (Mundão) que desenvolve a arte do bloco a várias décadas.

Sua musicalidade é cantada por várias celebridades da música brasileira, como Caetano Veloso, Gal Costa, Maria Bethânia, Margareth Menezes, Daniela Mercury e outros. Vir a Salvador e não visitar o ensaio dessa banda é a mesma coisa de vir não conhecer a música local. A banda mantem em alta qualidade seus ensaios durante todo o ano, mas é na alta estação, próximo do carnaval, que seus ensaios lotam e seus convites acabam com muita antecendência. Seus figurinos são compostos por roupas coloridas, com muitos detalhes, fazendo o carnaval brilhar e destacar Salvador.

Portal Bahia.svg A Wikipédia possui o Portal da Bahia. Artigos sobre história, cultura, personalidades e geografia.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.