Orquestra Filarmônica Real de Liverpool

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Orquestra Filarmônica Real de Liverpool é uma orquestra baseada em Liverpool, Inglaterra. É a mais antiga orquestra britânica e uma das mais antigas do mundo. Ela é administrada pela Sociedade Filarmônica Real de Liverpool, que é a única sociedade orquestral do Reino Unido e tem seu próprio hall, o Liverpool Philharmonic Hall.

História[editar | editar código-fonte]

A Orquestra foi fundada como associação privada sob o nome de Sociedade Filarmônica de Liverpool no dia 10 de Janeiro de 1840. A orquestra é uma das organizações de concerto mais antigas do mundo e a segunda mais velha da Grã-Bretanha, após somente da Sociedade Filarmônica Real e Gewandhaus de Leipzig, mas foi fundada antes da Filarmônica de Viena e da Filarmônica de Nova Iorque. A Sociedade e a Orquestra receberam o predicado 'Real' em 1957 da Rainha, quando ela aceitou ser a patronesa da orquestra, e eles continuaram sendo a única organização com patronagem Real até a década de 1980. Aconteceram concertos em muitos locais até o Philharmonic Hall ser inaugurado em 1849, entretanto o Hall foi perdido em 1933 em virtude de um incêndio. O professor de arquitetura da Universidade de Liverpool, Herbert Rowse, desenhou o Bau Haus, que foi inaugurado em 1939.

Maestros[editar | editar código-fonte]

Referências

  • Article "Liverpool Musical Festivals" in Grove, George (1880). A Dictionary of Music and Musicians, volume ii. London: Macmillan and Co.. pp. 154.
  • David Ward (14 março 2003). "Troubled orchestra faces £1m fund gap". The Guardian.
  • Pauline Fairclough (26 abril 2004). "RLPO/Schwarz". The Guardian.
  • David Ward (12 julho 2005). "Orchestra's Russian choice". The Guardian.
  • Tim Ashley (7 fevereiro 2007). "RLPO/Petrenko". The Guardian.
  • Andrew Clark (12 fevereiro 2007). "The young ones". Financial Times.
  • Geoffrey Norris (1 outubro 2007). "Vasily Petrenko: Why Liverpool is galvanised by the 'Petrenko effect'". Telegraph.
  • Lewis Foreman (11 setembro 2008). "Vernon Handley: Conductor and champion of British music whose extensive discography includes 100 premieres". The Independent.
  • Philip Key (13 janeiro 2009). "Conductor supremo is honoured by Royal Liverpool Philharmonic". Liverpool Daily Post.
  • "SIR CHARLES MACKERRAS APPOINTED LIVERPOOL PHIL'S CONDUCTOR EMERITUS". 12 janeiro 2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]