Pápulas peroladas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pápulas peroladas ou Genital Papillaris Hirsuties são pequenas saliências em volta da coroa da glande do pénis que se manifestam em 42% dos homens.

Hirsuties papillaris coronae glandis.jpg
Hirsuties papillaris coronae glandis enlarged.jpg
Hirsuties papillaris coronae glandis macro.jpg

É um fenômeno fisiológico sem potencial maligno. Aparecem em linhas de pequenas pápulas de cor de carne na coroa do pênis (na base da glande). É raro ser expressa em torno da glande. Não é uma doença e sua aparência não está relacionada à atividade sexual ou de higiene pessoal. Uma pesquisa recente mostrou que é hereditário.

Um estudo de 1999 médicos descobriram que 48% dos 200 homens tratados no departamento de urologia demonstravam esse fenômeno. Outros estudos indicam uma incidência de entre 8% e 48%. Como é uma característica de nascença, não tem nenhuma ligação com o facto do indivíduo ter sido circuncidados ou não. As pápulas persistem ao longo da vida, por vezes ficando menos perceptíveis com o avanço da idade.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Para a eliminação, com fins puramente estéticos, deve ser queimado. Diferentes métodos como a crioterapia (uso de nitrogênio líquido), ou criocirurgia e eletrofulguração. Sempre procure por orientação médica, a automedicação é um risco à saúde.

Fonte de referência[editar | editar código-fonte]

  • Sonnex C & Dockerty W.G (1999). "Pearly papules penile: uma causa comum de preocupação". International Journal of STD & AIDS, vol.10, no.11, 01 de novembro de 1999, pag. 726-727.