Paronímia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Parônimo)
Ir para: navegação, pesquisa

Paronímia é a relação entre palavras que apresentam um sentido diferente e forma semelhante a outra, que provoca, com alguma frequência, confusão. Essas palavras apresentam grafia e pronúncia parecida, mas com significados diferentes.1 2

Os parônimos (no Brasil) ou parónimos (em Portugal) podem ser também palavras homófonas, ou seja, a pronúncia de palavras parônimas pode ser a mesma.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Veja alguns exemplos de palavras parônimas:

Palavra 1 Significado/Função Palavra 2 Significado/Função Palavra 3 Significado/Função
acender dar luz ascender subir
acento inflexão tônica assento dispositivo para sentar-se
bocal embocadura bucal relativo a boca
cartola chapéu alto quartola pequena pipa
comprimento extensão cumprimento saudação
conselho opinião, dica concelho município (Portugal)
conserto reparo concerto apresentação musical
coro grupo de cantores couro pele de animal
deferimento concessão diferimento adiamento
delatar denunciar dilatar retardar, estender
descrição representação discrição reserva
descriminar inocentar discriminar distinguir
despensa compartimento dispensa desobriga (verbo), demissão ou isenção (substantivo)
destratar insultar distratar desfazer(contrato)
emergir vir à tona imergir mergulhar
eminência altura, excelência iminência proximidade de ocorrência
emitir lançar fora de si imitir fazer entrar
enfestar dobrar ao meio infestar assolar
enformar meter em fôrma informar avisar
entender compreender intender exercer vigilância
incipiente que está no início insipiente ignorante, principiante
lenimento suavizante linimento medicamento para fricções
migrar mudar de um local para outro emigrar deixar um país para morar em outro imigrar entrar num país, vindo de outro
peão que anda a pé pião espécie de brinquedo
pleito discussão; eleição preito homenagem
recrear divertir recriar criar de novo
se pronome átono, 3ª conjugação si pronome tônico, 3ª conjugação
suar transpirar soar emitir som
vadear passar o vau vadiar passar vida ociosa
venoso relativo a veias vinoso que produz vinho
vez ocasião, momento vês verbo ver na 2ª pessoa do singular

Malapropismo[editar | editar código-fonte]

É o uso de palavras parônimas ou não, voluntária ou involuntariamente, geralmente com efeito cômico. É de uso frequente entre os humoristas. O termo tem origem na língua inglesa, no adjetivo malapropos (citado pela primeira vez no dicionário Oxford em 1630), por sua vez vindo da expressão francesa "mal à propos" (lit. "mal à propósito", isto é, inapropriado).

"Malapropismo" é encontrado (junto com a variante malaprop) na peça "Os rivais" (The rivals) de Richard Brinsley Sheridan, de 1775, na qual a personagem Sra. Malaprop frequentemente comete equívocos com palavras. O personagem Constable Dogberry, de Shakespeare, na peça "Muito barulho por nada", também faz as mesmas confusões vocabulares, inspirando outro termo, "dogberryismo"

Exemplos de malapropismo[editar | editar código-fonte]

"Este menino é muito impossível!" em vez de "Este menino é muito impulsivo!"
"A alegria da festa era contagiosa." em vez de "A alegria da festa era contagiante."

Referências